Petróleo derrete em mais um pregão com liquidez limitada

LinkedIn

IPCA-15 veio abaixo do esperado. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) apresentou variação de apenas 0,19% em novembro, 0,39 ponto percentual abaixo da taxa de outubro (0,59%); consenso do mercado previa alta de 0,24%. Como nota o IBGE, resultado foi o menor para um mês de novembro desde 2003 (0,17%). No ano, a taxa acumula alta de 4,03%. Já em 12 meses, acumulou alta de 4,39%.

Atividade econômica

Entre os grupos de despesa, se destacou o grupo Transportes, surtindo impacto de apenas 0,06 p.p. em novembro ante 0,30 p.p. em outubro. Desaceleração foi impacto da queda nos preços do petróleo, que derrubaram os preços da gasolina, etanol e óleo diesel.

Mercados acionários

Como de costume, as bolsas norte-americanas operam com período reduzido nesta sexta-feira (até às 13h00), devido ao feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos. Como ontem, o desempenho dos mercados acionários internacionais continua comprometido pela liquidez limitada. Sinais de queda nas bolsas, exceto pelas europeias; e destaque para a queda do petróleo.

Nos Estados Unidos, os índices futuros sinalizam uma abertura com quedas de aproximadamente 0,5%. Os mercados chineses permaneceram sob o foco dos agentes, e a bolsa de Xangai registrou forte queda de 2,5%. A queda originou do fato noticiado pelo Wall Street Journal, de que Donald Trump está conversando com alguns aliados para convence-los a não utilizar equipamentos e serviços da gigante chinesa, Huawei. Na Europa, por outro lado, as bolsas operam em alta, liderada por ativos bancários e de tecnologia. No Brasil, o mercado acionário registra queda de 0,5%, e a Petrobras segue o derretimento dos preços do petróleo no mercado internacional.

O governo da Arábia Saudita informou que sua produção já superou mais de 10,7 milhões de barris por dia, o que se somou aos 11,7 milhões de barris por dia nos Estados Unidos ao passo que a tendência dos estoques é crescente. O petróleo WTI e o Brent reagiram com fortes quedas, refletindo temores de sobre oferta de petróleo. Veja abaixo a queda do WTI:

A queda do petróleo impulsiona a alta do dólar, que aprecia em relação aos seus principais pares, como o euro que é cotado a US$ 1,335 (-0,42%)

Expectativas dos agentes

Destaques da agenda de indicadores econômicos de hoje são os números dos setores da indústria e de serviços nos Estados Unidos — PMI industrial e de serviços. Ademais, a contagem de plataformas de petróleo e gás em território norte-americano podem dar mais sinais sobre a oferta de petróleo.

Comentários

  1. ROBERTO DO REGO CARDIA diz:

    O mercado de petróleo evidencia a estupidez do governo Dilma, se é que se pode chamar de governo tamanha incompetência – incompetência no melhor sentido – o que se viu foi ladroagem mesmo, pois ao impedir a participação do capital estrangeiro na exploração do pré-sal há pelo menos dez anos atrás, deixou nas profundezas do mar uma riqueza que hoje vale muito menos do que valia e a Petrobrás, depois de ser dilapidada pelo PT, não tem recursos suficientes para explorá-lo.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.