FipeZap: aluguel comercial sobe 0,16%, mas preços de venda caem 0,15% em janeiro

LinkedIn

O preço médio de venda de imóveis comerciais encerrou o mês de janeiro de 2019 com variação de -0,15%, enquanto o preço médio de locação comercial apresentou alta +0,16% no mesmo período. Comparativamente, a inflação medida pelo IPCA/IBGE foi de +0,32% no último mês.

Em 12 meses, o preço médio de venda de imóveis comerciais acumula queda nominal (-3,30%), variação inferior ao preço médio de locação comercial, que também recuou no período (-2,25%) A inflação no período acumulou alta de 3,72%, segundo o IPCA (IBGE) e alta de 6,57%, de acordo com o IGP-M (FGV).

A partir deste mês, assim como o Índice FipeZap Residencial, o Índice FipeZap de Venda e Locação Comercial vai incluir mais cidades e metodologia atualizada, contando com 10 localidades entre as quais 8 capitais: São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (BH), Porto Alegre (RS), Brasília (DF), Salvador (BA), Curitiba (PR) e Florianópolis (SC).

Em janeiro, entre as cidades monitoradas pelo Índice FipeZap Comercial, Brasília foi aquela que apresentou a maior elevação de preço de venda (+1,43%), enquanto Salvador liderou a alta na locação (+1,30%). Já a análise dos últimos 12 meses mostra que, entre as cidades monitoradas, Campinas foi a única a apresentar alta no preço nominal de
venda de imóveis comerciais. Já no caso das salas comerciais destinadas à locação, os preços acumularam alta nominal em Salvador (6,48%), Curitiba (+5,32%), Brasília (+2,02%) e Porto Alegre (+0,36%).

O preço médio de locação comercial calculado por metro quadrado nas cidades monitoradas pelo Índice FipeZap foi de R$ 8.875/m2, no caso de imóveis comerciais à venda, e de R$ 37,47/m2, no caso de imóveis para locação. Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o preço médio de venda do segmento mais elevado (R$ 10.186/m2), enquanto São Paulo se destacou com o maior valor médio para locação de imóveis comerciais (R$ 44,31/m2).

A rentabilidade do aluguel comercial, razão entre o preço médio de locação e o preço médio de venda dos imóveis comerciais, foi de 5,24% em janeiro de 2019, superando a rentabilidade do aluguel residencial para o mesmo período de dezembro do ano passado, de 4,47%. O indicador pode ser utilizado para avaliar a atratividade de salas e conjuntos comerciais em relação a outras opções de investimento disponíveis (incluindo imóveis residenciais).

Em São Paulo, o preço médio de venda dos imóveis comerciais subiu 0,07% em janeiro, depois de cair 0,09% em dezembro. No acumulado em 12 meses, os imóveis comerciais caíram 2,31%, menos que os 3,30% do Índice FipeZap.

Já no Rio de Janeiro, os preços caíram 0,32% em janeiro, depois de recuarem 0,80% de dezembro. Em 12 meses, os preços dos imóveis recuam 5,65%.

No caso dos aluguéis comerciais, os preços em São Paulo caíram 0,03% em janeiro, depois de subir 0,17% em janeiro. Em 12 meses, os aluguéis comerciais na cidade de São Paulo caíram 1,17%, ante perda de 2,25% do Índice FipeZap.

No Rio de Janeiro, os aluguéis comerciais subiram 0,41% em janeiro, depois da alta de 0,40% em dezembro. Em 12 meses, porém, os preços dos aluguéis comerciais no Rio caíram 4,44%.

Deixe um comentário