Bom dia, Investidor! 24 de abril de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir!

Para saber o que aconteceu ontem, após o fechamento dos mercados, confira o Momento do Investidor.

Destaques corporativos

Cielo (CIEL3): Cielo registrou um lucro líquido de R$ 548,5 milhões no primeiro trimestre deste ano, cifra 40,4% menor que a registrada no mesmo intervalo do ano passado.

Via Varejo (VVAR3): Via Varejo, controladora das redes Casas Bahia e Ponto Frio, registrou um prejuízo líquido de R$ 49 milhões no primeiro trimestre deste ano, revertendo um lucro apurado de R$ 64 milhões do mesmo período do ano passado.

Weg (WEGE3): A WEG registrou um lucro líquido de R$ 306,8 milhões no primeiro trimestre deste ano, um desempenho 7,7% superior ao do mesmo período do ano passado. O Ebitda atingiu R$ 461,8 milhões, cifra 21,6% acima da registrada há um ano, enquanto a margem avançou 0,8 ponto porcentual, para 15,7%.

Carrefour (CRFB3): O Carrefour registrou um crescimento de 9,9% das vendas consolidadas no primeiro trimestre, que somaram R$ 14,2 bilhões. A maior inflação dos alimentos contribuiu para o resultado.

Neoenergia: A Neoenergia apurou um lucro líquido no primeiro trimestre de R$ 509,7 milhões, representando uma alta de 69,5% em relação ao desempenho do mesmo período do ano passado. O Ebitda avançou 28%, para R$ 1,336 bilhão. A receita líquida somou R$ 7,103 bilhões, alta de 28,08%. O fornecimento de energia ao mercado cativo avançou 5,6% e o consumo nas áreas de concessão cresceram 5,8%.

Vale (VALE3): O engenheiro de recursos hídricos da Vale, Felipe Rocha, disse ontem a diretoria da mineradora tinha conhecimento dos riscos de um possível desabamento da barragem de Brumadinho. Em declaração à CPI no Senado que apura as causas do acidente, ele afirmou que os riscos foram apresentados em um painel de especialistas e em um subcomitê da Vale.

JBS (JBSS3): A JBS informou ontem que reabriu, por meio de empresas controladas nos EUA, a emissão de três bônus no valor total de US$ 700 milhões. Os recursos da transação e o saldo em caixa serão usados para amortizar um saldo de US$ 1 bilhão do Term Loan da sua controlada JBS USA Lux com vencimento em outubro de 2022.

Minerva (BEEF3): Minerva aprovou a emissão de debêntures no montante de R$ 600 milhões. A operação será dividida em duas séries, com vencimentos de três e de cinco anos. Os recursos serão utilizados para alongamento de dívidas.

Recomendação de ativos

A equipe do BB Investimentos ajustou o preço-alvo da Unit da Alupar (ALUP11) pra R$ 26,30. A equipe do banco optou por manter a recomendação como outperform.

Notícias

Reforma da Previdência: A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou nesta terça-feira (23/4), por 48 votos a 18, o parecer que considera constitucional a proposta de emenda à Constituição da reforma da Previdência.

Agora, a proposta segue para comissão especial, responsável por analisar o mérito da reforma. Os parlamentares vão discutir efetivamente as mudanças sugeridas pelo governo. Somente depois da comissão especial é que o texto seguirá para o plenário da Câmara.

Commodities

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em abril deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta quarta-feira, 24, em baixa. A commodity iniciou o dia cotada a US$ 74,26, variando 0,63% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Câmbio

Dólar: O dólar opera em leve alta nesta quarta-feira (24). Às 9h07, a moeda dos Estados Unidos subia 0,17%, vendida a R$ 3,9274. Na véspera, o dólar fechou em queda de 0,29%, a R$ 3,9213. Na parcial do mês, a moeda tem alta de 0,16% ante o real. No ano, o avanço é de 1,22%.

Agenda econômica

CapturadeTela2019-04-24às09.13.01

Deixe um comentário