Eletrobras sobe mais de 3% com liberação de crédito de R$ 4,05 bi da Amazonas

LinkedIn

No início do pregão desta segunda-feira (15), as ações da Eletrobras (BOV:ELET3) operam com alta de 3,64% a R$ 3,64. O papel ELET6 segue na mesma direção, com valorização de 1,47% a R$ 34,52.

Na semana passada, a Eletrobras informou que completou a transferência de controle da distribuidora Amazonas Energia ao consórcio formado por Oliveira Energia e Atem, vencedor de leilão de privatização realizado em dezembro.

Em comunicado na noite de quarta-feira, a estatal disse que o negócio já recebeu aprovações do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e da reguladora Aneel, além de ter passado por ajustes no que tange à conversão de dívidas em capital social da Amazonas Energia.

A empresa do Amazonas era a mais deficitária e endividada de uma série de seis distribuidoras de eletricidade no Norte e Nordeste privatizadas pela Eletrobras ao longo de 2018.

Liberação de crédito

Em fato relevante, a Eletrobras informou que foram integralmente cedidos para estatal os créditos de RS 4,056 bilhões, referente ao reembolso da Conta de Consumo de combustíveis (CCC) que estava contabilizado em junho de 2017 nas demonstrações financeiras da Amazonas Distribuidora de Energia.

Em março, a Aneel reconheceu, para o período compreendido entre 30 de julho de 2009 e 30 de junho de 2016, o direito ao crédito de R$ 1,592 bilhão, a ser reembolsado pela CCC, na data base de Setembro de 2018, bem como o crédito histórico de R$ 1,358 bilhão relativo à ineficiência econômica e energética.

Deixe um comentário