Bom dia, Investidor! 17 de maio de 2019

LinkedIn

Esse é o Bom dia, Investidor! Com tudo o que você precisa saber antes da Bolsa abrir! Para saber o que aconteceu ontem, após o fechamento dos mercados, confira o Momento do Investidor.

Destaques corporativos

Petrobras: O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem à noite durante transmissão semanal ao vivo no Facebook que pode rever a política de preços da Petrobras (PETR4) se não houver prejuízo à estatal.

Vale: Vale (VALE3) informou ontem que, assim que identificou movimentação no talude Norte, na cava da mina Gongo Soco, em Barão de Cocais (MG), paralisada desde 2016, avisou imediatamente as autoridades competentes. A preocupação da companhia é com um novo deslizamento, assim como o que ocorreu no final de janeiro em Brumadinho.

Gol: O jornal O Globo destaca a delação de Henrique Constantino, um dos acionistas da Gol (GOLL4), de que sua empresa, conjuntamente com a Latam (antiga TAM), Azul e Avianca, formaram um fundo de R$ 2,5 milhões destinado a “Caixa 2” de parlamentares.

Light: A presidente da Light (LIGT3), Ana Marta Veloso, que retornou ao posto recentemente, destacou ontem durante teleconferência com analistas que uma de suas prioridades é a de redução do endividamento da companhia elétrica do Rio de Janeiro.

Cemig: Cemig (CMIG4) pretende pagar uma outorga de R$ 850 milhões pela Gasmig ao governo de Minas Gerais para renovação da concessão por mais 30 anos.

Recomendação de ativos

Cielo: Safra Corretora rebaixou hoje suas projeções para a ação da Cielo (CIEL3), reduzindo o preço-alvo para R$ 8,00, ante a estimativa anterior de R$ 12,00 para o fim deste ano. A corretora manteve o rating Neutro (manutenção) para a ação.

Notícias

Economia brasileira: A economia brasileira registrou retração de 0,1% no 1º trimestre, na comparação com o último trimestre do ano passado, segundo dados do Monitor do PIB-FGV divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (17). Na comparação de março ante fevereiro, houve queda de 0,4%.

Commodities

Petróleo Brent: O barril do petróleo Brent, com data de vencimento em abril deste ano e negociado no mercado de futuros em Londres, abriu a sessão desta sexta-feira, 17, em alta. A commodity iniciou o dia cotada a US$ 72,65, variando 0,09% quando comparado ao fechamento da sessão anterior.

Minério de ferro: A jornada desta sexta-feira foi mais uma vez marcada pela forte valorização dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade chinesa de Dalian. O ativo apresentou ganhos de 5,37%, encerrando o dia negociado a 707,00 iuanes por tonelada.

Câmbio

Dólar: O dólar opera em alta nesta sexta-feira (17), atingindo o patamar de R$ 4,05 logo na abertura do pregão. Às 9h14, a moeda norte-americana subia 0,44%, vendida a R$ 4,0528. Na máxima da sessão, a divisa atingiu R$ 4,0648.

No dia anterior, a moeda norte-americana subiu 0,97%, vendida a R$ 4,0352 – maior patamar de fechamento desde 28 de setembro do ano passado (R$ 4,0378). Na máxima da sessão, o dólar chegou a R$ 4,0411.

Agenda econômica

CapturadeTela2019-05-17às09.18.29

Deixe um comentário