As 14 ações de dividendos mais indicadas pelas corretoras em outubro

LinkedIn

O Índice de Dividendos (IDIV) fechou setembro em alta de 1,89%, abaixo dos 3,6% do Índice Bovespa. No ano, ele acumula 27,02%, acima dos 19,2% do Ibovespa.

As ações de empresas que distribuem mais dividendos costumam ser mais resistentes a crises e turbulências, já que têm receitas mais estáveis e são companhias mais maduras em geral. São, portanto, alternativas para períodos de instabilidade, como o atual, em que o receio de recessão mundial se mistura com a guerra comercial entre Estados Unidos e China.

Além disso, em um ambiente de juros em queda, algumas empresas podem chegar a oferecer retornos em dividendos superiores aos da renda fixa. Nas indicações da 15 corretoras, há estimativas de retorno em dividendos (dividend yield) de mais de 12%. Os valores ainda são isentos para pessoas físicas.

Nas indicações das 15 corretoras acompanhadas pelo Portal do Pavini, o destaque é Taesa, que está presente em 11 carteiras. Empresas de energia elétrica dominam as sugestões, com cinco das 14 ações com mais de quatro indicações. Há também empresas do setor financeiro, como Itaú Unibanco, Itaúsa, B3 e Banrisul e empresas de seguros. Confira abaixo as principais indicações de dividendos de outubro.

As preferidas em dividendos
Outubro Código Indicações
Taesa Unit TAEE11 11
Transmissão Pta PN TRPL4 6
Telefonica Brasil PN VIVT4 6
Petrobras Distrib ON BRDT3 5
Itaú Unibanco PN ITUB4 5
B3 ON B3SA3 4
BB Seguridade ON BBSE3 4
Engie Brasil ON EGIE3 4
Energias do Brasil ON ENBR3 4
IRB Brasil ON IRBR3 4
Itaúsa PN ITSA4 4
Banrisul PNB BRSR6 3
Porto Seguro PSSA3 3
AES Tietê Unit TIET11 3

Para o mês de Outubro, a Guide Investimentos retirou de sua carteira os ativos da B3, realizando os ganhos, e incluiu os papéis de Telefônica Brasil. Assim, o portfólio mantém players mais resilientes, diante de um quadro externo ainda volátil em meio as negociações comerciais envolvendo EUA-China, possibilidade de impeachment de Trump e agenda econômica global ainda enfraquecida.

A corretora acredita em uma carteira menos exposto à volatilidade e com foco em empresas de alta previsibilidade de fluxo de caixa. A taxa de dividendo anual (dividend yield) estimado para a carteira para os próximos 12 meses está por volta de 5%. As premissas para a escolha de ativos seguem as mesmas: empresas: (i) sólidas e com ótima administração; (ii) geração de caixa expressiva; (iii) negócios mais resilientes e (iv) com alto poder de repasse de preços.

Taesa

Entre as preferidas do mercado, a Taesa faz parte da carteira da Ativa Investimentos. Trata-se de uma empresa de transmissão de energia elétrica controlada pela Cemig (22%) e ISA Brasil (15%), possuindo 35 concessões, o que corresponde por mais de 12 mil quilômetros de rede e uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 2,6 bilhões.

A empresa possui novos projetos em construção que devem começaram a ser operacionalizados no biênio 2019/2020, o que deve dissipar as concessões que se encerram em 2018/2019. A empresa vem se beneficiando dos leilões efetuados pela Eletrobras, assim como vendas de outras empresas do segmento para expandir ainda mais suas operações. Mesmo em um momento de investimentos, com uma possível emissão de dívidas para alavancar seus resultados, a Ativa ainda tem boas perspectivas de retorno sobre ativos, justificando a escolha do ativo para a composição da carteira.

Confira abaixo as indicações de cada corretora.

Carteiras dividendos
Indicações de outubro
Corretora ação código Dividendos Rentabilidade
Guide Invest. Bradesco PN BBDC4 3,6 -0,50%
IRB Brasil ON IRBR3 7,9
Telefonica Brasil PN VIVT4
Transmissão Pta PN TRPL4 5,9
BR Distribuidora ON BRDT3 6,7
Cyrela ON CYRE3 5,8
Sanepar Unit SAPR11 6
Neoenergia NEOE3 2,1
Santander Telefonica Brasil PN VIVT4 6,02 1,89%
Banrisul PNB BRSR6 6,76
IRB Brasil ON IRBR3 3,82
Itaúsa PN ITSA4 5,69
Smiles ON SMLS3 12,39
Cemig PN CMIG4 4,75
CPFL ON CPFE3 4,84
Alupar Unit ALUP11 4,03
Bradesco/Ágora BR Distribuidora ON BRDT3 3,6 -0,90%
Taesa Unit TAEE11 8
TIM Particip. ON TIMP3 3,3
Tenda ON TEND3 10,2
CPFL ON CPFE3 4,5
Itaú Corretora Banco do Brasil ON BBAS3 5,8 -2,60%
Copasa ON CSMG3 5,9
Transm Paulista TRPL4 8,6
Metal Leve ON LEVE3 9
MRV Engenharia ON MRVE3 9,6
XP Investimentos Engie Brasil ON EGIE3 0%
BR Distribuidora ON BRDT3
Energias do Brasil ON ENBR3
Taesa Unit TAEE11
AES Tietê Unit TIET11
Mirae Asset MVR ON MRVE3 -0,50%
B3 ON B3SA3
Banrisul PNB BRSR6
Porto Seguro PPAS3
Engie Brasil ON EGIE3
Itausa PN ITSA4
Cemig PN CMIG4
Energias do Brasil ON ENBR3
Taesa Unit TAEE11
Transmissão Pta PN TRPL4
Coinvalores BB Seguridade ON BBSE3 -0,80%
Trasm. Pta. PN TRPL4
IRB ON IRBR3
EZTec ON EZTC3
Itaú Unibanco PN ITUB4
B3 ON B3SA3
Tupy ON TUPY3
BR Distribuidora ON BRDR3
Taesa Unit TAEE11
Engie Brasil ON EGIE3
Necton Invest Taesa Unit TAEE11 3,60%
Porto Seguro PSSA3
Itausa PN ITSA4
Vivo VIVT4
Energias do Brasil ON ENBR3
Genial Invest Taesa Unit TAEE11 3,29%
BR Malls BRML3
Itaú Unibanco PN ITUB4
Ferbasa PN FESA4
CSN ON CSNA3
Planner Corretora Petrobras Distrib ON BRDT3 8,03 -0,20%
Porto Seguro PSSA3 3,48
Taesa Unit TAEE11 6,77
TIM Particip. ON TIMP3 2,52
Telefonica Brasil PN VIVT4 1,31
Ativa Invest Itaú Unibanco PN ITUB4 3,50%
Santander Unit SANB11
AES Tietê Unit TIET11
Engie Brasil ON EGIE3
B3 ON B3SA3
BR Malls BRML3
Taesa Unit TAEE11
Terra Invest BB Seguridade ON BBSE3 8,4 ND
AES Tietê Unit TIET11 5,4
Valid ON VLID3 4,3
Itau Unibanco PN ITUB4 7,9
Energias do Brasil ON ENBR3 4
Elite Invest Itaú Unibanco PN ITUB4 4,51 2,62
Banrisul PNB BRSR6 4,36
Taesa Unit TAEE11 4,06
Klabin Unit KLBN11 2,55
Itaúsa PN ITSA4 8,84
Metal Leve ON LEVE3 6,79
BB Seguridade ON BBSE3 4,51
Telefonica Brasil PN VIVT4 5,23
Transmissão Pta PN TRPL4 2,28
Tupy ON TUPY3 6,28
Toro Invest Sabesp ON SBSP3 3
Taesa Unit TAEE11
Suzano ON SUZB3
B3 ON B3SA3
Bradesco PN BBDC4
Nova Futura BB Seguridade ON BBSE3 3,16
Telefonica Brasil PN VIVT4
Transmissão Pta PN TRPL4
IRB Brasil ON IRBR3
Taesa Unit TAEE11

Fonte: Corretoras. Retorno em dividendos ao ano calculado com base nos preços das ações no fim do mês passado pelas corretoras. Rentabilidade no mês anterior, informada pelas corretoras. As indicações não consideram pesos diferentes para os papéis que podem ser sugeridos pelas instituições. No Itaú, a carteira não é renovada mensalmente. A reportagem é meramente informativa, não é uma recomendação de investimento. O Portal do Pavini não se responsabiliza por decisões de investimento tomadas com base nas informações.

O post As 14 ações de dividendos mais indicadas pelas corretoras em outubro apareceu primeiro em Arena do Pavini.

Deixe um comentário