Produção de minério da Vale avança 35% ante 2° tri, mas cai 17% na comparação anual

LinkedIn

A produção de minério de ferro da Vale (BOV:VALE3) somou 86,7 milhões de toneladas no terceiro trimestre, avanço de 35,4% frente ao trimestre anterior, embora tenha recuado 17,4% na comparação com mesmo período do ano passado, informou a companhia em relatório de produção nesta segunda-feira.

A Vale disse que a recuperação trimestral reflete a retomada das operações de Brucutu e o retorno parcial das operações de processamento a seco no Complexo Vargem Grande, anunciados em junho e julho, e projetou a volta à normalidade em mais capacidade.

“A Vale espera retomar a produção remanescente de aproximadamente 50 milhões de toneladas até o final de 2021, uma vez que diversos marcos foram alcançados e outros estão em andamento”, acrescentou a companhia no relatório.

A empresa citou como exemplo da aprovação de testes de gatilho na mina para retomar as operações de processamento a seco e a autorização de testes de gatilho no TFA (Terminal Ferroviário de Andaime), “um passo importante para desengargalar a logística do Complexo de Vargem Grande”.

A produção de pelotas da Vale no terceiro trimestre foi de 11,13 milhões de toneladas, com alta de 22,7% ante o período entre abril e junho e queda de 19,8% na comparação anual.

As vendas de minério de ferro no período foram de 74 milhões de toneladas, com queda de 11,8% na comparação anual e alta de 19,5% no trimestre. As vendas de pelotas somaram 11,07 milhões de toneladas, 22,3% abaixo do registrado no mesmo trimestre do ano anterior, mas 25,3% superiores às do segundo trimestre.

A companhia reafirmou sua projeção para as vendas de minério de ferro e pelotas, de entre 307 milhões e 332 milhões de toneladas, “com expectativa de vendas próximas ao centro da faixa”.

A projeção da Vale para produção de pelotas foi revisado em setembro para 43 milhões de toneladas, de 45 milhões anunciados anteriormente.

Outros Produtos

A produção de níquel da Vale no terceiro trimestre foi de 51,4 mil de toneladas, alta de 14,2% ante o trimestre anterior e queda de 7,7% na comparação anual. Em cobre, a produção somou 98,3 mil toneladas, estável frente ao trimestre anterior e com alta de 4% na comparação com mesmo período do ano anterior.

A produção de carvão da empresa foi de 2,35 milhões de toneladas no trimestre, queda de 0,8% frente ao segundo trimestre e com recuo de 26,4% na comparação anual.

(Por Reuters)

Deixe um comentário