Cyrela (CYRE3) divulga prévia do 1T20 com crescimento de 201% nos lançamentos; Ações recuam 1% nesta segunda-feira. Confira as recomendações

LinkedIn

A Cyrela (BOV:CYRE3) informou nesta sexta-feira (17) que registrou um aumento de 201% nos lançamentos no primeiro semestre de 2020, para R$ 1,64 bilhão, em comparação com o mesmo período do ano anterior, sendo 63% desse volume composto por projetos do segmento de baixa renda (do programa Minha Casa, Minha Vida).

Conforme os dados divulgados em prévia operacional, a incorporadora e construtora lançou 25 novos empreendimentos no período entre janeiro e março deste ano. Dentre esses, a Cyrela apresentou cinco de seis do segmentos Minha Casa Minha Vida, que tiveram comercialização iniciada no final do ano anterior.

As vendas líquidas atingiram R$1,36 bilhão no trimestre (+30% vs. 1T19 e -34% vs. 4T19), sendo 59% das unidades do programa Minha Casa, Minha Vida.

No caso de empreendimentos com participação apenas da Cyrela, e excluindo as permutas, a companhia obteve um crescimento dos lançamentos de 173%, para R$ 1,117 bilhão.

“Das vendas líquidas realizadas no trimestre, R$ 116 milhões se refere à venda de estoque pronto (8%), R$ 626 milhões à venda de estoque em construção (46%) e R$ 620 milhões à venda de lançamentos (46%)”, informou a companhia por meio de comunicado ao mercado.

Além disso, a participação da companhia nas vendas atingiu R$ 921 milhões, registrando uma alta de 23,5% na comparação anual. A velocidade das vendas de lançamentos realizadas pela Cyrela foi de 37,7% no primeiro trimestre.

“Apesar de resultados operacionais sólidos, acreditamos que o crescimento do volume de vendas foi inferior ao de lançamentos dado os impactos da quarentena estabelecida em meados do mês de março, que restringiu as operações comerciais da companhia. Ainda, não descartamos volatilidade no papel dado o impacto operacional relacionado ao COVID-19 nos próximos trimestres” disse Renan Manda, analista de Fundos Imobiliários da XP Investimentos.

Na semana passada, A JP Morgan rebaixou a recomendação do ativo para neutra com preço-alvo em R$ 18,00.

Já a Eleven Financial manteve recomendação de compra mas cortou o preço-alvo de R$40,00 para R$ 26,00.

A prévia de resultados operacionais divulgada pela Cyrela (CYRE3), na sexta-feira (17), agradou ao BTG Pactual, ao ficar acima do esperado.

O BTG Pactual manteve recomendação de compra com preço-alvo em R$ 27,00.

Deixe um comentário