Embraer (EMBR3): Entregas de jatos despencam 82% no primeiro trimestre

LinkedIn

A Embraer (BOV:EMBR3) entregou 82% menos aeronaves comerciais e executivas no primeiro trimestre, refletindo a desaceleração econômica global e a eclosão da crise do coronavírus, que levou à pior crise na aviação civil desde pelo menos a Segunda Guerra Mundial.

Segundo fato relevante enviado nesta terça-feira (12), a empresa brasileira, que é a maior fabricante de jatos de médio porte do mundo, entregou um total de 14 jatos no trimestre passado, sendo cinco comerciais e nove executivos; nessa categoria, foram cinco leves e quatro grandes.

Em 31 de março de 2020, a carteira de pedidos firmes a entregar totalizava US$15,9 bilhões, 5,3% a menos do que em dezembro. O recibo de ações da Embraer negociado em Nova Iorque recuava 0,20% no pré-mercado, cotado a US$4,95.

Em 2020, as ações da Embraer desvalorizaram 63,51%. A empresa divulga seus resultados do primeiro trimestre no dia 27 de maio.

Deixe um comentário