General Motors (GM) divulga lucro líquido de US$ 0,62 por ação no 1T20

LinkedIn

A General Motors (GM), listada com BDR na B3 (BOV:GMCO34), divulgou nesta quarta-feira (06) que teve lucro líquido de US$ 0,62 por ação no primeiro trimestre deste ano, apesar da pandemia do coronavírus que fechou as fábricas e devastou as vendas.

Em uma base ajustada, seu lucro antes dos impostos no primeiro trimestre foi de US$ 1,3 bilhão, uma queda de 45,9% em relação ao ano anterior. A GM registrou um lucro líquido de US $ 2,2 bilhões no primeiro trimestre de 2019. Seus ganhos antes dos impostos ajustados foram de US $ 2,3 bilhões no ano anterior.

As vendas de veículos nos EUA no primeiro trimestre da GM caíram 7,1% em relação a um ano atrás, informou a empresa no mês passado.

A GM, diferentemente de sua rival Ford Motor, não divulgou resultados preliminares do trimestre, na tentativa de preparar os investidores para seus resultados. A Ford gastou US $ 2,2 bilhões durante o primeiro trimestre e alertou para uma perda antes dos impostos ajustada em mais de US $ 5 bilhões no segundo trimestre.

Das principais montadoras norte-americanas, a GM tem as maiores operações na China, onde o surto do Covid-19 se originou no final de dezembro e as fábricas começaram a fechar no final de janeiro.

A GM disse no final de março que tinha cerca de US$ 32 bilhões em caixa disponível, incluindo US$ 16 bilhões em suas linhas de crédito rotativo. A empresa assinou no mês passado um contrato de crédito rotativo de 364 dias, no valor de US$ 1,95 bilhão, para uso exclusivo da GM Financial, o braço de empréstimos para automóveis da empresa.

Wall Street está projetando lucro por ação de US$ 30 centavos de dólar e receita de US$ 31,1 bilhões, com base nas estimativas do consenso da Refinitiv. A comparação dos ganhos relatados com as estimativas dos analistas para o primeiro trimestre da GM não é direta, pois a pandemia de coronavírus continua atingindo as economias globais e dificulta a avaliação do impacto nos ganhos.

 

Deixe um comentário