LVMH pode reconsiderar aquisição da Tiffany, diz jornal

LinkedIn

O grupo de artigos de luxo LVMH pode reconsiderar a aquisição da joalheria Tiffany, por US$ 14,7 bilhões, segundo o jornal especializado em moda WWD.

LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton SE ou simplesmente LVMH, é uma holding francesa especializada em artigos de luxo. Foi formado pelas fusões dos grupos Moët et Chandon e Hennessy e, posteriormente, do grupo resultante com a Louis Vuitton.

Segundo a reportagem, membros do conselho da LVMH convocaram uma reunião na noite de terça-feira, 2 de junho, para discutir o acordo, já que a situação do mercado dos Estados Unidos está se deteriorando.

Um decisão nesse sentido seria, no entanto, recebida negativamente, na opinião dos analistas do banco UBS. “A LVMH é historicamente conhecida por seu bem-sucedido histórico de fusões e aquisições a longo prazo e como o maior consolidador do setor”, diz o banco, acrescentando que “qualquer potencial decisão de reconsiderar o acordo teria uma leitura negativa para o setor de luxo em geral”.

Qualquer revisão levaria o mercado a supor que a recuperação pós-pandemia levará mais tempo do que o esperado anteriormente, afirma o UBS.

Por Dow Jones Newswires

 

Deixe um comentário