Pague Menos pede registro de oferta pública

LinkedIn

A Empreendimentos Pague Menos informou na noite desta quinta, 25, que foi apresentado nesta data pedido de registro da oferta pública de distribuição primária e secundária de suas ações ordinárias, a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado.

A oferta foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada hoje conjuntamente com a submissão do pedido de listagem da Companhia na B3 e do pedido de admissão à negociação e adesão ao segmento especial de listagem do Novo Mercado da B3.

Leia a seguir a íntegra do fato relevante emitido pela rede de farmácias Pague Menos:

“A EMPREENDIMENTOS PAGUE MENOS S.A. (“Companhia”), em observância às disposições da
Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada,
da Instrução da CVM nº 400, de 29 de dezembro de 2003, conforme alterada (“Instrução CVM 400”), e,
ainda, para fins do disposto no parágrafo 4º do artigo 157 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976,
conforme alterada, vem a público informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi apresentado,
nesta data, pedido de registro da oferta pública de distribuição primária e secundária de suas ações
ordinárias, a ser realizada no Brasil, em mercado de balcão não organizado, nos termos da Instrução CVM
400 e demais disposições legais aplicáveis, sob a coordenação de instituições financeiras integrantes do
sistema de distribuição de valores mobiliários, incluindo esforços de colocação das ações no exterior
(“Oferta”).
A Oferta foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada nesta data,
conjuntamente com a submissão do pedido de listagem da Companhia na B3 S.A- Brasil, Bolsa Balcão
(“B3”) e do pedido de admissão à negociação e adesão ao segmento especial de listagem do Novo Mercado
da B3.
Serão oportunamente fixados pelo Conselho de Administração da Companhia: (a) a quantidade de ações a
serem emitidas pela Companhia no âmbito da Oferta; e (b) o preço de venda das ações, conforme venha
a ser acordado na data de precificação da Oferta, após a apuração do resultado do procedimento de coleta
de intenções de investimento junto a investidores institucionais, a ser realizado no Brasil e no exterior, em
conformidade com o disposto no artigo 44 da Instrução CVM 400 (bookbuilding). A Oferta está sujeita à
concessão do registro pela CVM e às condições de mercado.
A Companhia manterá o mercado atualizado a respeito dos desenvolvimentos relacionados à Oferta.
Este fato relevante tem caráter exclusivamente informativo, nos termos da legislação em vigor, e não deve
ser considerado como um anúncio de oferta de valores mobiliários. Não será realizado nenhum registro da
Oferta ou das ações da Companhia em qualquer agência ou órgão regulador do mercado de capitais de
qualquer outro país, exceto o registro junto à CVM, no Brasil.”

Deixe um comentário