Real completa 26 anos com 759% de ‘desvalorização' desde seu lançamento, 29,6% só em 2020

LinkedIn

Instituído em 01 de julho de 1994 o Real, a moeda nacional brasileira, completou 26 anos.

Porém, se por um lado o Real é uma das moedas que permaneceu por mais tempo em circulação no país (perdendo apenas para o Réis – 303 anos e o Mil Réis 103 anos) em 2020 seu desempenho está entre os piores do mundo.

Assim um levantamento realizado pelo economista Alex Agostini, da Austin Rating revelou que entre 121 moedas de todo o mundo o desempenho do Real em 2020 só é pior que o do Bolívar da Venezuela.

Real perde valor

Assim, segundo o economista somente em 2020 o real acumula desvalorização de 29,6% em relação ao dólar.

Porém, Agostini relata que há uma série de fatores que contribuem para a perda de valor do real ao longo deste ano.

Entre eles, a crise econômica desencadeada pelo coronavírus No cenário internacional, a crise desencadeada pelo coronavírus, o endividamento das famílias, a dívida bruta do país que chegou a 75,8% do Produto Interno Bruto (PIB).

“A questão fiscal é bastante delicada. Nos últimos anos, o Brasil vinha promovendo um ajuste, tomou medidas importantes, fez algumas reformas, como a da Previdência, mas os números só foram melhorando aos poucos”, diz Silvio Campos Neto, economista da consultoria Tendências.

R$ 100 vale menos que R$ 16,75

Porém a desvalorização de quase 30% do Real em 2020 é pequena perto de sua ‘queda’ desde que foi lançado em 1994.

Assim, de 1° de julho de 1994 até maio deste ano, o real acumulou desvalorização de 759% usando como cálculo o IGPM-FGV para medir a inflação acumulada no período.

Segundo o matemático financeiro José Dutra Vieira Sobrinho, o Real perdeu mais de 83,25% de seu poder de compra.

Isso significa que uma nota de R$ 100 em 1994 equivalem hoje a menos de R$ 16,75

Para se ter uma idéia de quanto o Real está desvalorizado basta notar que em 1994 quando ele foi lançado o salário mínimo era de R$ 64,79.

“(em termos de poder de compra) quem tivesse guardado R$ 1 milhão no colchão em 1994 teria hoje o equivalente a menos de R$ 167.500″, disse.

Enquanto isso….

Enquanto isso, somente em 2020 o Bitcoin acumula alta de 73% e vem sendo considerado o investimento com o maior rentabilidade no primeiro semestre de 2020.

Porém, enquanto o Bitcoin é o melhor investimento do ano, o Ibovespa acumula uma queda de -17,80% em 2020.

Confira lista dos principais ativos de 2020, segundo o Portal Seu Dinheiro.

  1. Bitcoin (72,99%)
  2. Dólar PTAX (35,86%)
  3. Dólar à Vista (35,60%)
  4. Ouro (17,12%)
  5. Tesouro Prefixado 2023 (6,74%)
  6. Tesouro Prefixado 2025 (5,46%)
  7. Tesouro IPCA+ 2024 (6,74%)
  8. Poupança Antiga (3,04%)
  9. Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2029 (2,75%)
  10. CDI (1,75%)
  11. Tesouro SELIC 2025 (1,65%)
  12. Poupança Nova (1,38%)
  13. Índice de Debêntures Anbima Geral (0,85%)
  14. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2035 (-4,05%)
  15. Tesouro IPCA+ 2035 (-9%)
  16. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2045 (-9,03%)
  17. Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 2055 (-10,42%)
  18. IFIX (-12,24%)
  19. Tesouro IPCA+ 2045 (-15,81%)
  20. IBOVESPA (-17,80%)

Por Cassio Gusson

Comentários

  1. eduardo diz:

    Se perdeu 29% em 2020 está abaixo da média… 759/26

Deixe um comentário