Boris Johnson diz que o Reino Unido está em um “ponto de inflexão perigoso” e diz aos britânicos para trabalharem em casa

LinkedIn

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse na terça-feira que a Grã-Bretanha estava em um “ponto de inflexão perigoso” e que precisava agir agora para impedir a disseminação do coronavírus.

Em uma mudança marcante de tom, Johnson reverteu o levantamento das medidas de bloqueio no país, dizendo às pessoas para trabalharem em casa mais uma vez, se possível.

Ele alertou que as novas medidas, que incluem o fechamento antecipado de pubs e restaurantes a partir de quinta-feira, podem vigorar por até seis meses.

Isso ocorre após um aumento nos casos de coronavírus nos últimos dias, que levaram a medidas de bloqueio localizadas em partes do norte da Inglaterra. Grupos de mais de seis pessoas também não podem mais se encontrar.

Até o momento, o país relatou mais de 400.000 casos de coronavírus e 41.877 mortes relacionadas, de acordo com dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.

Fonte CNBC

Deixe um comentário