NotreDame Intermédica compra Grupo Serpram por R$ 170 milhões, segunda aquisição em menos de um dia

LinkedIn

A NotreDame Intermédica (BOV:GNDI3) anunciou um acordo para a aquisição do Grupo Serpram por R$ 170 milhões. A empresa é composta por uma seguradora e pelos hospitais Imesa e Varginha.

Segundo a empresa, com a transação, a NotreDame passará a deter os controles da Sepram, com 97% das ações, do Hospital IMESA, com 97% das ações, e do Hospital Varginha, com 85% das ações.

O Fato Relevante foi divulgado nesta segunda-feira (26). A aquisição marca avanço da empresa em Minas Gerais. Mais cedo, a companhia anunciou compra de outra empresa, no Sul do País. Essa é segunda aquisição da operadora em menos de 24 horas. Mais cedo, a companhia informou a compra do Hospital Santa Brígida em Curitiba, no Paraná.

O Grupo Serpram é uma operadora de saúde verticalizada com 29 anos de atuação nas regiões de Alfenas, Varginha, Extrema e Pouso Alegre (Sul do Estado de Minas Gerais) – 100km distantes das operações recentemente adquiridas pela Intermédica em Poços de Caldas-MG.

A área de influência do grupo conta com mais de 1,4 milhão de habitantes (312 mil beneficiários de planos de saúde). A empresa informa ter uma carteira com 47 mil beneficiários de saúde (96% corporativo/adesão), 10 mil beneficiários dental e dois hospitais referências na região com um total de 74 leitos.

Em 2019, o grupo Serpram apresentou um faturamento líquido consolidado de R$ 108,4 milhões, com sinistralidade caixa de 76% e Ebitda de R$ 8 milhões (margem de 7,4%).

Ainda segundo a Intermédica, a aquisição inclui os imóveis hospitalares, que possuem mais de 10 mil metros quadrados de área construída e 36 mil metros quadrados de terreno.

A conclusão do negócio está sujeito ao cumprimento de determinadas condições , incluindo a aprovação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Com um modelo de negócios verticalizado – com foco em sua rede própria de atendimento e hospitais -, o grupo NotreDame Intermédica tem investido bastante na expansão via aquisições.

A companhia adquiriu o grupo Clinipam, por R$ 2,6 bilhões, no fim do ano passado, em um movimento de entrada na região Sul do País. No mesmo ano, a Intermédica comprou outros três hospitais.

VISÃO DO MERCADO

Ágora

A aquisição do Hospital Santa Brígida reforça a estrutura da NotreDame Intermédica no Sul do Brasil, destacou a Ágora Investimentos. A corretora projeta mais investimentos por parte da companhia na região.

“A última mudança da NotreDame no Sul do Brasil com uma estrutura mais robusta é algo que esperamos que aconteça com mais frequência no futuro, já que este é um dos focos de investimento regional da empresa”, afirmaram os analistas Fred Mendes e Flávia Meireles.

Lucro líquido de R$ 223,6 milhões no 2T20

A operadora de planos de saúde NotreDame Intermédica registrou lucro líquido de R$ 223,6 milhões no segundo trimestre, resultado 2,5 vezes superior ao obtido no mesmo período de 2019. Apenas em 2020, a companhia consolidou a receita das aquisições da Ecole (em abril), LabClin (em abril), Hospital do Coração de Balneário Camboriú (em maio), da rede São Lucas (em janeiro) e da Clinipam (em fevereiro).

A empresa pretende divulgar os resultados do 3T20 no dia 16 de novembro.

VISÃO TÉCNICA. Um oferecimento de YouTrade. Acesse: www.youtrade.pro.br


Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

Peça uma análise do seu portfolio de investimentos e ações. Clique e fale com o especialista.FaleComEspecialista

Deixe um comentário