Mercados mundiais fazem uma pausa após altas por conta do sucesso de vacinas

LinkedIn

ÁSIA: As bolsas da Ásia fecharam sem direção definida nesta terça-feira, mesmo com as esperanças de vacinas, mais uma vez, levando Wall Street a recordes. As ações de companhias aéreas da região foram as maiores beneficiadas.

No Japão, o Nikkei subiu 0,42% após tocar uma alta de 52 semanas na segunda-feira. O índice Topix subiu 0,16%.

Na Austrália, o S & P / ASX 200 subiu 0,21% para fechar em 6.498,20 pontos no retorno das negociações, após uma paralisação de quase um dia inteiro na segunda-feira, devido a um problema de software que criou “dados de mercado imprecisos”, segundo a operadora da bolsa. As empresas de recursos básicos sustentaram o índice. BHP subiu 1,8%, Fortescue Metals avançou 1,6% e Rio Tinto somou 0,9%. Entre as empresas produtoras de petróleo, Santos disparou 3,4% e Woodside Petroleum fechou em alta de 3,1%.

Na China Continental, o composto de Xangai caiu 0,21%, enquanto o Shenzhen Component caiu 0,85%.

O índice Hang Seng de Hong Kong fechou em alta de 0,13%.

O Kospi da Coreia do Sul caiu 0,15%.

Em Cingapura, o índice do Straits Times saltou quase 1% à tarde. O país reportou dados das exportações domésticas não petrolíferas que ficaram aquém das expectativas, caindo 3,1% na comparação anual, ante projeções de alta de 5,7%, segundo a Reuters.

No final, o índice MSCI para Ásia-Pacífico exceto Japão fechou quase estável.

A Moderna disse que os dados do ensaio preliminar da fase três de sua vacina contra o coronavírus mostraram que é mais de 94% eficaz na prevenção do Covid-19. O anúncio foi feito depois que a Pfizer e a BioNTech anunciaram na semana passada que sua vacina contra o coronavírus era mais de 90% eficaz ma prevenção contra o coronavírus.

Ações de companhias aéreas deram um salto com a notícia. Na Austrália, a Qantas subiu 1,54%, enquanto a Air New Zealand saltou cerca de 2,74%. No Japão, a Japan Airlines subiu 3,72%, enquanto a All Nippon Airways avançou mais de 4%. Singapore Airlines saltou quase 5% e Cathay Pacific de Hong Kong disparou 7%.

EUROPA: As bolsas europeias operam majoritariamente em baixa na manhã desta terça-feira, à medida que os investidores fazem uma pausa após sinais de que uma segunda vacina contra o coronavírus também funciona efetivamente contra o coronavírus.

Após subir 1,2% na segunda-feira, o Stoxx Europe 600 recua 0,17%. O alemão DAX 30 cai 0,11%, o francês CAC 40 recua 0,12%, enquanto o IBEX 35 da Espanha perde 0,83%. O FTSE MIB da Itália sobe 0,36%.

Em Londres, o FTSE 100 recua 0,54%. Entre as mineradoras listadas na LSE, Anglo American sobe 0,5%, enquanto Antofagasta cai 3,3%, Rio Tinto cai 0,3% e BHP opera estável. Entre as produtoras de energia, BP cai 1,5% e Royal Dutch Shellrecua 0,8%.

Os governos de Hungria e Polônia bloquearam na segunda-feira a aprovação do orçamento plurianual da União Europeia (UE) e de um fundo bilionário para recuperação pós-pandemia, provocando uma crise política no bloco. A postura dos dois países é um protesto contra um mecanismo que condiciona o recebimento da ajuda financeira da UE a respeito do Estado de direito. Os governos de Hungria e a Polônia são alvos de ações legais da Comissão Europeia por supostas violações de princípios democráticos.

Se o pacote financeiro não puder ser aprovado, a UE só terá disponível um orçamento de emergência a partir do próximo ano. Além disso, os auxílios pós-pandemia não poderão ser liberados, impedindo o fornecimento de verbas para resgate de países como a Itália e Espanha de um colapso econômico. O desembolso das primeiras parcelas do fundo estava previsto para o segundo trimestre de 2021. Antes, entretanto, é necessário um complexo processo de ratificação. De acordo com informações da Comissão Europeia, os parlamentos de quase todos os países da UE teriam que dar seu aval sobre o assunto.

Os mercados de ações do Reino Unido estão encolhendo mais rápido do que qualquer um de seus pares europeus. O número de empresas listadas na Bolsa de Valores de Londres (LSE) caiu 21% em apenas oito anos, de acordo com um novo relatório da Comissão Europeia pela consultoria de economia Oxera. A queda de 378 entre 2010 e 2018 foi a maior queda numérica entre todos os mercados europeus, mostram os dados. Em todas as bolsas da União Europeia, houve uma queda líquida de 12%, ou 854 empresas.

EUA: Os futuros dos índices de ações dos EUA operam em território negativo na manhã de terça-feira, depois que dois dos três principais benchmarks do mercado fecharam em níveis recordes.

No início do dia, o Dow e o S&P 500 registraram máximas de todos os tempos. O Dow também atingiu um recorde intradiário. Esses ganhos vieram depois que a Moderna divulgou que sua vacina contra o coronavírus foi mais de 94% eficaz, aumentando ainda mais as expectativas de uma recuperação econômica acentuada.

Isso marcou o segundo anúncio positivo relacionado a uma vacina contra o coronavírus em uma semana. A Pfizer e a BioNTech disseram em 9 de novembro que sua vacina para o Covid-19 foi mais de 90% eficaz entre os participantes de um estudo em estágio final.

O Dow Jones fechou em alta de 1,60% em 29.950,44 pontos, enquanto o S & P 500 saltou 1,16%, em 3,626,91 pontos. O índice Nasdaq Composite fechou em alta de 0,80% em 11,924,13 pontos.

As ações da Tesla saltaram mais de 13% após o fechamento do pregão, depois que o S&P Dow Jones Indices disse que a fabricante de carros elétricos se juntaria ao índice S&P 500 a partir de 21 de dezembro.

Na agenda econômica, os números das vendas do varejo será divulgado às 10h30, ao mesmo tempo que os preços de importação. Às 11h15 sairá números da produção industrial e a taxa de utilização da capacidade fabril. Às 12h00 sairá o NAHB Housing Market Index e o Business Inventories.

Jerome Powell tem um discurso agendado para às 15h00 em um evento.

ÍNDICES FUTUROS – 7h50:
Dow: -0,28%
SP500: -0,35%
NASDAQ: +0,28%

COMMODITIES
MinFe Dailan: +2,64%
Brent: +0,21%
WTI: +0,24%

OBSERVAÇÃO: Este material é um trabalho voluntário, resultado da compilação de dados divulgados em diversos sites da internet que são aqui resumidos de maneira didática para facilitar e agilizar a compreensão do leitor. O texto da sessão asiática está no tempo passado e a europeia no presente devido ao horário em que este relatório é redigido. Atentem-se para o horário de disponibilização dos dados.

Deixe um comentário