ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Vale aprova prorrogações antecipadas de concessões ferroviárias

LinkedIn

Conselho de Administração da Vale aprovou os termos aditivos para a prorrogação antecipada do prazo dos contratos de concessões ferroviárias da Estrada de Ferro Carajás e Estrada de Ferro Vitória a Minas, conjuntamente e por trinta anos, a partir do vencimento dos contratos vigentes em 20271 .

O comunicado foi feito pela mineradora (BOV:VALE3) na manhã desta quarta-feira (16). Confira.o documento na íntegra.

“Estamos muito felizes em dar mais um importante passo no de-risking da Companhia. As prorrogações antecipadas retiram uma grande incerteza sobre a perenidade de parte relevante de nossa cadeia de logística integrada.”, disse Eduardo Bartolomeo, Diretor-Presidente da Vale

Em seguida complementou: “A EFC e a EFVM foram pioneiras na implementação do nosso modelo de gestão (VPS – Vale Production System) e onde investimos R$ 35,7 bilhões2 (US$ 6,6 bilhões3 ) entre 2006 e 2019 na EFC e EFVM, o que as colocaram no rol das ferrovias mais seguras do mundo4 . Continuaremos a investir para manutenção e expansão desses ativos.”.

Nos próximos dias serão assinados os termos aditivos, onde a Vale assumirá compromissos totais estimados em R$ 24,7 bilhões5 (US$ 5,1 bilhões6 ) a serem executados até 2057, sendo (a) R$ 11,8 bilhões7 (US$ 2,5 bilhões) para pagamento de outorga, (b) R$ 9,0 bilhões (US$ 1,9 bilhão) com contrapartidas FICO e FIOL e (c) R$ 3,9 bilhões (US$ 0,8 bilhão) com demais compromissos, dentre eles a ampliação do serviço de trem de passageiros e obras para a redução de conflitos urbanos. (a) Pagamento de outorga

Os termos aditivos formalizam as condições negociadas com o Ministério de Infraestrutura e a Agência Nacional de Transportes Terrestres e contemplam compromissos assumidos pela Vale, dentre eles, pagamento de outorgas de R$ 11,8 bilhões (US$ 2,5 bilhões), ou o equivalente a R$ 79 milhões (US$ 17 milhões) por trimestre8 entre 2021 e 2057.

Gratuito - Quero ver a lista de criptomoedas - clique no banner

Deixe um comentário