Eletrobras: assembleias aprovam incorporação de 11 Sociedades de Propósito Específico (SPEs) pela Chesf

LinkedIn

Eletrobras informa que foram realizadas Assembleias Gerais Extraordinárias dos Acionistas da Companhia Hidro Elétrica do São Francisco e dos Acionistas das 11 Sociedades de Propósito Específico dos Complexos Eólicos Pindaí I, II e III, Angical 2 Energia, Arapapá Energia, Caititu 2 Energia, Caititu 3 Energia, Carcará Energia, Corrupião 3 Energia, Teiú 2 Energia, Coqueirinho 2 Energia, Papagaio Energia e Tamanduá Mirim 2 Energia e ambas aprovaram a incorporação destas SPEs pela Chesf.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:ELET3) (BOV:ELET5) (BOV:ELET6), nesta quarta-feira (31). Confira o documento na íntegra. 

A referida operação está no escopo da iniciativa de racionalização das participações societárias da Eletrobras, nos termos do Plano Diretor de Negócios e Gestão divulgado ao mercado por meio de Fato Relevante em 23 de dezembro de 2020.

A empresa pretende divulgar os resultados do 1T21 no dia 12 de maio.⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 1T21

Lucro líquido de R$ 6,3 bilhões em 2020, queda de 43% influenciado pela variação cambial decorrente da pandemia

A Eletrobras registrou no consolidado do exercício de 2020 um lucro líquido de R$ 6,387 bilhões, 43% inferior aos R$ 11,133 bilhões obtidos no ano anterior. A companhia salienta que o lucro de 2019, é composto do resultado das operações continuadas de R$ 7,848 bilhões e de R$ 3,285 bilhões referente às operações descontinuadas (distribuição), com destaque para privatização da distribuidora Amazonas Energia. Com isso, pelo critério de operações continuadas, o lucro recuou 19%.

⇒ Confira a agenda completa da divulgação dos resultados do 4T20 e referente ao ano de 2020. Confira a cobertura completa de todos os balanços referente ao ano de 2020 das empresas negociadas na B3.

Deixe um comentário