Confira as principais manchetes dos jornais desta terça-feira (20/04/2021)

LinkedIn

Confira as principais manchetes dos jornais desta terça-feira, 20 de abril de 2021.

Após meses de impasse e indefinição, saiu o acordo do Orçamento, mas o desfecho foi negativo para a credibilidade da política fiscal e Paulo Guedes. Obrigado a ceder ante a pressão do Congresso, o ministro teve de engolir um “cheque em branco”, sem limite de gastos extras com a Covid, que já superam R$ 100 bilhões este ano, segundo o Estadão. O Centrão nem precisou acionar uma nova calamidade para executar seu plano. Lançando mão de algumas “gambiarras”, garantiu as emendas parlamentares, preservando as regras do teto de gastos e da meta de déficit primário.

VALOR

🗞 Acordo corta do Orçamento R$ 20 bi e tira covid do teto – Ontem à noite, a Câmara e o Senado aprovaram o projeto de lei do Congresso Nacional (PLN 2), que prevê a liberação de gastos ligados à covid-19 fora do teto e do resultado primário. Com isso, o montante a ser gasto nesse ano fora das regras fiscais pode bater a casa dos R$ 100 bilhões, já incluindo algumas despesas que sobraram de 2020.
🗞 Minério tem alta de 10,3% em abril – Commodity atingiu maior contação desde maio de 2011 e está entre as mais altas da história.
🗞 Contratação de seguro cresce com pandemia – Contratações individuais mantêm ritmo de expansão neste ano, mesmo após crescer 26% em 2020.

O GLOBO

🗞 Empresários pressionam por metas ambientais na Cúpula do Clima – Isolamento do país tende a ter impactos severos para as empresas; ‘PIB pode ter crescimento vertiginoso com implantação de práticas de baixo carbono’, dizem empresários em carta ao governo.
🗞 PGR pede informações a governadores sobre verbas – A Procuradoria-Geral da República (PGR) solicitou informações complementares aos Estados a respeito da aplicação de verbas na construção dos hospitais de campanha.
🗞 Silva e Luna diz que respeitará paridade dos preços internacionais – Ele assume Petrobras com promessa de combustível a preço internacional.

ESTADÃO

🗞 Governo cede e dá aval a Orçamento com R$ 125 bi fora do teto – Câmara e Senado aprovam texto que tira programas emergenciais da meta fiscal e também autoriza bloqueio de R$ 9 bilhões em gastos não obrigatórios para compensar despesas obrigatórias que tinham sido subestimadas no Orçamento de 2021.
🗞 Taxa de mortes por covid no Brasil supera a dos EUA – Nação deve ultrapassar EUA em números absolutos de vítimas no segundo semestre, projeta Universidade Johns Hopkins.
🗞 Verba federal ajudou a pagar 13º salário dos estados – A forma como a maior parte dos estados aplicou os recursos destinados à pandemia ainda é uma incógnita.

FOLHA

🗞 Governo e Congresso fazem manobra por Orçamento – Com flexibilização orçamentária, governo pode deixar quase R$ 100 bilhões fora da meta fiscal e do teto.
🗞 Estados criam divergências ao priorizar comorbidades – A vacinação para as pessoas com comorbidades começou nas capitais atendendo a diferentes grupos, incluindo pacientes com doenças renais, transplantados, obesos e pessoas com autismo e com síndrome de Down.

🗓 AGENDA ECONÔMICA 🗓

🇬🇧 Taxa de desemprego mensal (03h00)
🇩🇪 Índice de preços ao produtos mensal e anual (03h00)
🇧🇷 Tesouro Nacional – Leilão de títulos (10h30) ⭐️
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo API semanal (17h30)

(fonte BDM)

Deixe um comentário