Dólar fecha em alta digerindo proposta de reforma tributária

LinkedIn

dólar comercial encerrou o dia em alta de 0,67% sendo cotado a R$ 4,938 para venda e a R$ 4,937 para compra, com os investidores digerindo a segunda parte da proposta de reforma tributária, entregue hoje pela equipe do Ministério da Economia ao Congresso, no qual propõe alterações na tributação de investimentos.

Lá fora, a moeda norte-americana exibiu poucas oscilações na linha d’água, enquanto as moedas de países emergentes exibem uma piora. Com isso, a moeda ecerra a semana abaixo de R$ 5,00 pelo quarto pregão seguido.

O economista-chefe da Necton Corretora, André Perfeito, avalia que o mercado desaprovou a proposta da nova tributação, o que levou o dólar a R$ 4,97 e o índice Ibovespa a cair mais de 2%, a 126 mil pontos.

Segundo ele, os pontos que não foram bem recebidos pelos investidores foram os de que o pagamento em ações não poderia ser deduzidos como despesa, a reorganização de empresas impediria o aproveitamento de deduções na venda de participações societárias e o ganho de capital indireto alteraria o planejamento tributário de algumas empresas.

Também a prévia da inflação em junho, o IPCA-15, veio praticamente em linha com a projeção do mercado, ao subir 0,83% no mês, acelerando-se em relação ao resultado de maio. Sobre o tema que tem ganhado cada vez mais relevância no mundo, ontem, o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) do Banco Central (BC) reforçou os riscos de alta da inflação vindos dos custos de produção e das perspectivas fiscais.

Nos Estados Unidos, a renda recuou 2,0% no mês passado ante abril, já os gastos pessoais (PCE, na sigla em inglês) ficaram praticamente estáveis na mesma base de comparação, subindo menos de 0,1%. O PCE é o indicador usado pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) como referência para medir a inflação.

Na mínima do dia chegou a R$ 4,894 e na máxima a R$ 4,974. No futuro, o contrato com vencimento em julho subia 0,4% a R$ 4,9376 volta das 17h.  Lá fora, o Dollar Index oscilava praticamente estável (+0,01%), aos 91,825 pontos.

Acompanhe as altas e baixas do dólar nos últimos dias:

Data Compra Venda Variação Variação
01/06/2021 5,1455 5,146 -1,51% -0,0789
02/06/2021 5,0836 5,0841 -1,203% -0,0619
04/06/2021 5,0346 5,0346 -0,954% -0,0485
07/06/2021 5,0364 5,0369 0,026% 0,0013
08/06/2021  5,034 5,0345 -0,048%  0,0024
09/06/2021 5,0687 5,0692 0,689% 0,0347
10/06/2021 5,0648 5,0658 -0,067% -0,0034
11/06/2021 5,1222 5,1227 5,1227 5,1227
14/06/2021 5,0702 5,0707 -1,015% -0,052
15/06/2021 5,0418 5,0428 -0,55% -0,0279
16/06/2021 5,0595 5,060 0,341% 0,0172
17/06/2021 5,022 5,0225 -0,741% -0,0375
18/06/2021 5,0677 5,0687 0,92% 0,0462
21/06/2021 5,0217 5,0227 -0,908% -0,908%
22/06/2021 4,9651 4,9661 -1,127% -0,0566
23/06/2021 4,9618 4,9628 -0,067% -0,0033
24/06/2021  4,9039 4,9049 -1,167% -0,0579
25/06/2021 4,9367 4,9377 0,669% 0,0328

💵 Está pensando em viajar? Faça a conversão de moedas gratuitamente!

🇧🇷 – US$ 1 = R$ 4,93
🇪🇺 – US$ 1 = €$ 0,83
🇬🇧 – US$ 1 = £$ 0,71

Acompanhe como foi a evolução do dólar no último mês:

Gráficos GRATUITOS na br.advfn.com

(Com informações da TC,  UOl e Agencia CMA)

Deixe um comentário