Grupo Soma prepara um follow-on, e deve levantar entre R$ 800 milhões e R$ 1 bilhão

LinkedIn

O grupo de moda Soma prepara um follow-on, que deve sair no julho, e levantar entre R$ 800 milhões e R$ 1 bilhão.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:SOMA3) nesta quinta-feira (17).

A operação vai levantar capital para pagar parte da transação com a Hering, disseram as fontes. A aquisição total saiu a R$ 5,1 bilhões, conforme as companhias divulgaram em abril. A maior parte do pagamento é em ações, mas cerca de R$ 1,5 bilhão em dinheiro.

A companhia já contratou os coordenadores da oferta, que serão Santander, Itaú BBA, Bank of America, XP Investimentos e BTG Pactual.

Desde que anunciou a aquisição, em 26 de abril, as ações do grupo Soma tiveram valorização de 31%.

Além da Hering, a Soma é dono de marcas como Farm, Maria Filó e Animale. A companhia também comprou recentemente a marca esportiva Lauf.

Lucro líquido de R$ 14,85 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

O grupo de moda Soma registrou lucro líquido atribuíveis aos controladores de R$ 14,85 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo prejuízo de R$ 43,5 milhões no primeiro trimestre do ano passado.

receita líquida totalizou R$ 353,6 milhões de janeiro a março deste ano, 20% acima dos R$ 294,5 milhões no mesmo intervalo do ano anterior. O custo de serviços vendidos aumentou 3,9% entre os dois períodos, para R$ 125,11 milhões.

O resultado bruto foi lucro de R$ 228,5 milhões, ante R$ 174 milhões no mesmo período do ano passado, alta de 31,2%.

As despesas operacionais ficaram em R$ 225,6 milhões, alta de 3,2% sobre os R$ 218,6 milhões um ano antes.

Ebitda – lucro antes do resultado financeiro e dos tributos foi de R$ 2,885 milhões, ante resultado negativo de R$ 44,1 milhões no primeiro trimestre de 2020.

Informações Pipeline

Deixe um comentário