Notre Dame adquire 100% das ações da Centro Clínico Gaúcho pelo valor de R$ 1,06 bilhão

LinkedIn

A Notre Dame celebrou um contrato de compra e venda de ações sob condições suspensivas e outras avenças para a aquisição do Centro Clínico Gaúcho. Com a conclusão da Transação, a Companhia passará a deter, de forma indireta, 100% das ações do Centro Clínico Gaúcho.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:GNDI3) nesta segunda-feira (07). Confira o comunicado na íntegra.

O valor da transação foi fixado em R$ 1,06 bilhão e será pago à vista, em dinheiro, descontados o endividamento líquido e uma parcela retida para contingências.

Fundado em 1991 na cidade de Canoas (RS), o Centro Clínico Gaúcho é uma das principais operadoras verticalizadas que oferecem planos de saúde, planos dentais e serviços de saúde majoritariamente no Estado do Rio Grande do Sul.

Em 2019, desde a entrada da Kinea (fundo de Private Equity) na sociedade, a Empresa vem ampliando seu crescimento trazendo relevante potencial de expansão regional, com foco em planos de saúde para o segmento corporativo. Em 2021, o Centro Clínico Gaúcho anunciou a inauguração do Hospital Humaniza, localizado em região estratégica na cidade de Porto Alegre (RS), que conta com 110 leitos e potencial de expansão para um total de 220 leitos.

A Empresa registrou, no ano de 2020, faturamento líquido consolidado de R$ 371 milhões com sinistralidade caixa (Cash MLR) de 70,3%. O Centro Clínico Gaúcho possui uma carteira de 175 mil beneficiários de planos de saúde (80% corporativo), localizados principalmente na região metropolitana de Porto Alegre, além de 4,7 mil beneficiários de planos odontológicos.

O Centro Clínico Gaúcho conta com uma rede própria que inclui 20 centros clínicos, 13 unidades de coleta de análises clínicas e o Hospital Humaniza, além de uma ampla gama de serviços aos beneficiários, como medicina preventiva, programa de assistência domiciliar e telemedicina 24 horas.

Com a transação, a Companhia expande seu posicionamento estratégico, com a entrada no Estado do Rio Grande do Sul através de uma plataforma que possui compromisso com a qualidade de seus serviços, trazendo relevante potencial de expansão regional, bem como oportunidades de sinergias operacionais e administrativas.

O preço de aquisição representará um múltiplo implícito estimado de 9,8x EBITDA 2022, quando consideradas as sinergias planejadas. Após a conclusão da Transação, o GNDI passará a deter um market share aproximado de 13,6% na região metropolitana de Porto Alegre.

Essa aquisição é mais uma demonstração da continuidade da estratégia de crescimento e de fortalecimento da rede própria, reforçando o compromisso com a criação de valor para seus acionistas, clientes e sociedade.

A conclusão da Transação está sujeita ao cumprimento de determinadas condições precedentes, incluindo a aprovação da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS e do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE.

VISÃO DO MERCADO

Ativa Investimentos 

Para a Ativa Investimentos, a companhia conseguirá expandir sua atuação regional sem impactar muito a alavancagem, que passará a ser de 0,93 vez Dívida Líquida/Ebitda.

BTG Pactual 

Para o BTG Pactual, a aquisição é estratégica e representará um passo importante para a expansão da Notre Dame fora de São Paulo.

O mais importante, é que a transação não deve prejudicar o acordo de fusão com a Hapvida.

“A Hapvida mal colocou os pés no Rio Grande do Sul, então o acordo não deve representar uma ameaça aos olhos do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)”, destacou o BTG.

Embora a companhia esteja passando por um momentum de ganhos fraco no curto prazo em função da Covid-19, o banco enxerga diversos potenciais de alta relacionados à combinação de negócios Hapvida-NotreDame que ainda não estão precificados.

BTG Pactual mantém recomendação de compra com preço-alvo de R$ 99,00…

Eleven Financial 

Acreditamos que essa movimentação é totalmente sinérgica com a atuação do GNDI na região Sul do País, além de reforçar a sua operação verticalizada.

Entendemos que na comparação dos múltiplos não podemos olhar exclusivamente para os múltiplos EV/Leitos ou EV/ Vidas pela transação envolver benefgiciários e a estrutura própria, como as clínicas, laboratórios e hospital.

Assim, analisando conjuntamente o múltiplo da transação foi de 11,8x. Comparando as ações similares, como Clinipam (27,3x) e MediSanitas (20,1x), o múltiplo pago por CCG foi barato. O GNDI também divulgou o EV/EBITDA previsto para 2022 após a captura de sinergias, de 9,8x abaixo do múltiplo que projetamos para o mesmo período para o GNDI de 22,2x (sem considerar o CCG).

Para além dos múltiplos atrativos, acreditamos que o movimento é positivo para a Intermédica. Mesmo após o anúncio da fusão com o Hapvida, o GNDI sinalizou o seu apetite para M&As, aproveitando o elevado caixa de R$ 3 bilhões ao fim do 1T21 e a baixa alavancagem financeira de 0,3x dívida líquida/EBTIDA ajustado LTM.

Apesar de a aquisição não ser relevante em termos absolutos, entendemos que seja uma aquisição importante para acelerar a expansão nacional da companhia e seguimos confiantes com a tese de investimento e com o modelo de negócio do grupo. Entretanto, acreditamos que o preço do papel já incorpora o crescimento da companhia, assim, apresentando pouco upside.

Eleven tem recomendação neutra com preço-alvo de R$ 98,00…

Guide Investimentos 

A Notre Dame mostra mais um movimento de aquisição do pulverizado setor hospitalar. Esperamos uma manutenção nessa tendência em função do avanço acelerado de consolidação no setor de saúde, mas também em novas empresas do segmento captando recursos no mercado de capitais. O movimento vem após a mais importante no setor, que foi a fusão entre Hapvida e a própria Notre Dame.

XP Investimentos 

A XP vê como positivo este movimento, à medida que o GNDI expande sua presença nacional por um preço atrativo. Embora os resultados de curto prazo devam permanecer pressionados por uma sinistralidade mais alta, continuamos otimistas sobre as perspectivas de crescimento da empresa com maior consolidação do mercado de forma orgânica e inorgânica. Além disso, apossível fusão com a Hapvida agrega ainda mais valor a uma história já convincente.

XP mantém recomendação de compra e preço alvo de R$ 117,00…

Prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no 1T21, revertendo lucro

A operadora de planos de saúde Notre Dame Intermédica registrou prejuízo líquido de R$ 27,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, revertendo o lucro observado um ano antes, de R$ 160,4 milhões.

receita líquida cresceu 13,4% entre o primeiro trimestre de 2020 e de 2021, para R$ 2,903 bilhões.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou R$ 137 milhões no primeiro trimestre, queda de 64,3% ante o mesmo período de 2020. Já o Ebitda ajustado caiu 52,8% no intervalo, para R$ 189,3 milhões.

Entre janeiro e março, a empresa apresentou um resultado financeiro positivo de R$ 49,9 milhões, alta de 52,4% sobre igual período de 2020.

Deixe um comentário