OceanPact assina contratos para afretamento da embarcação Parcel das Timbebas e prestação de serviços de ROV com a Petrobras

LinkedIn

A OceanPact assinou dois contratos com a Petrobras para afretamento da embarcação Parcel das Timbebas (RSV) e prestação de serviços de ROV na embarcação.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:OPCT3) nesta sexta-feira (18). Confira o documento na íntegra.

Os contratos de afretamento da embarcação e prestação de serviço de ROV contemplam valor de diária consolidada de USD 47.896 (data base de 26.03.2021, considerando-se o dólar a R$ 5,7042) e preveem prazo total de 3 anos.

O backlog total é de R$ 299,2 milhões, sendo 57% em dólar. A Companhia manterá seus acionistas e o mercado informados sobre quaisquer desenvolvimentos relevantes a respeito dos assuntos aqui tratados.

OceanPact (OPCT3): prejuízo líquido de R$ 20,1 milhões no 1T21, alta de 6,5%

OceanPact, que presta serviços de suporte marítimo, registrou prejuízo líquido de R$ 20,1 milhões no primeiro trimestre, alta de 6,5% ante o resultado registrado um ano antes. A companhia estreou na bolsa em fevereiro, após uma oferta que levantou cerca de R$ 1,2 bilhão.

receita líquida caiu 3,5% nos três primeiros meses do ano, alcançando R$ 155,1 milhões. Os custos aumentaram 18,5%, para R$ 130,2 milhões.

ebtida – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – chegou a R$ 33,4 milhões, queda anual de 36,5%.

As despesas operacionais cresceram 40,5%, para R$ 19,5 milhões, impulsionados pelo aumento das despesas gerais e administrativas e das multas contratuais e pelo menor resultado de equivalência patrimonial.

resultado operacional (antes do financeiro e dos tributos) caiu de R$ 36,7 milhões para R$ 5,35 milhões. Na linha financeira houve melhora, com o resultado financeiro líquido passando de R$ 64,4 milhões negativos para R$ 39,9 milhões negativos.

Deixe um comentário