Unipar: controladora Vila Velha analisa oportunidades para potencial operação envolvendo ações da companhia

LinkedIn

A Unipar Carbocloro recebeu comunicado de sua acionista controladora, a Vila Velha Administração e Participações, onde esta afirma que “analisa oportunidades de mercado para potencial operação envolvendo suas ações” na companhia.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:UNIP3) (BOV:UNIP5) (BOV:UNIP6) no sábado (05). Confira o comunicado na íntegra.

Segundo a correspondência, o modelo da “potencial operação” ainda não está definido. A Vila Velha, que detém 21,52% do capital social a Unipar, segundo informação da B3, também informou que contratou assessores financeiros para analisar e modelar as possíveis estruturas, e organizar um processo competitivo que está em fase preliminar de implementação.

A Unipar disse que continuará acompanhando a cotação dos seus valores mobiliários a fim de identificar comportamentos anormais e manterá seus acionistas e o mercado informados sobre ato ou fato relevante relacionado a seus negócios.

Nesta semana, a companhia já tinha anunciado que celebrou um acordo de confidencialidade com a Compass Minerals do Brasil para “analisar informações para uma possível operação” entre as duas empresas.

A divulgação foi em reação a uma notícia do jornal Valor Econômico a qual afirmava que a companhia estaria perto de comprar fábrica de cloro-soda da Compass Minerals por R$ 300 milhões.

Unipar (UNIP6): lucro líquido de R$ 277,5 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

Unipar Carbocloro teve lucro líquido atribuível aos sócios controladores de R$ 277,5 milhões no primeiro trimestre, ante prejuízo de R$ 92,2 milhões registrado no mesmo período de 2020.

receita líquida da companhia subiu 64,2%, a R$ 1,3 bilhão. De acordo com a empresa, o resultado se deve à alta dos preços internacionais de PVC, avanço da demanda de cloro, derivados e do PVC, aliado à maior utilização de capacidade das plantas, além da apreciação do dólar frente ao real.

A utilização da capacidade consolidada das plantas foi de 81% no primeiro trimestre, 4 pontos percentuais acima do registrado no trimestre anterior e em linha com o registrado no primeiro trimestre de 2020.

ebitda – lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação – foi a R$ 564,7 milhões, alta de 536,1%. A margem Ebitda subiu de 11,1%, para 42,9%.

Informações Broadcast

Deixe um comentário