Weg: aerogeradores fabricados pela companhia têm venda garantida até o fim de 2022

LinkedIn

O primeiro aerogerador brasileiro, que está na reta final de desenvolvimento e certificação, tem tido forte procura no mercado, informa o Valor.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:WEGE3) nesta sexta-feira (04).

Fabricado pela Weg, a máquina tem potência de 4,2 megawatts (MW) e foi desenvolvida pelo programa de pesquisa e desenvolvimento da Aneel, com participação da Engie e da Celesc, e investimentos de mais de R$ 200 milhões.

Desde a assinatura do primeiro contrato, no início de 2020, a Weg fechou encomendas com mais três geradoras está com produção fechada até o fim do próximo ano. A empresa também prevê elevar a capacidade de produção de 8 para 12 geradores por mês até dezembro de 2022.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI 

O Bradesco BBI vê a notícia como positiva para a Weg, para a qual mantém avaliação neutra e preço-alvo de R$ 42, frente aos R$ 33,45 negociados na quinta.

Lucro líquido de R$ 764,2 milhões no primeiro trimestre, crescimento de 73,7%

A fabricante de equipamentos elétricos WEG registrou crescimento de 73,7% no lucro líquido do primeiro trimestre de 2021 na comparação ao mesmo período de 2020, para R$ 764,2 milhões.

A Weg, uma das maiores fabricantes de equipamentos elétricos do mundo, bateu os consensos de lucro e receita no primeiro trimestre, refletindo melhora das margens operacionais, ganhos de escala e o uso eficiente do capital em meio a uma retomada lenta na atividade após a crise da pandemia do coronavírus.

A Weg atribuiu o desempenho positivo à recuperação da demanda por equipamentos de ciclo curto no mercado interno, especialmente nas áreas de equipamentos eletroeletrônicos industriais, motores comerciais e appliances. A companhia observou melhora da demanda no mercado externo, principalmente para os produtos de ciclo curto, “mostrando sinais de uma recuperação mais ampla da economia global”.

Informações BDM

Deixe um comentário