Confira a agenda econômica da semana (12 a 16 de Julho): IBC-Br, CPI, PIB e Livro Bege…

LinkedIn

Na próxima semana, o investidor vai olhar os últimos dados de atividade do Brasil de maio, com o setor de serviços na terça-feira e o IBC-Br, divulgado pelo Banco Central e considerado uma prévia do PIB, na quarta-feira. Também saem números da economia americana, caso da produção industrial de junho na quinta e vendas do varejo na sexta. Os dados dos pedidos de seguro-desemprego, que saem todas as quintas, também serão monitorados.

Mas o destaque são os índices de inflação – ao consumidor, o chamado CPI na sigla em inglês, na terça, e ao produtor, no dia seguinte. O Federal Reserve vai divulgar seu Livro Bege, que reúne dados econômicos do país coletados por suas regionais, na quarta. Vamos ver como veem inflação e emprego. Muita atenção para o presidente do Fed, Jerome Powell, que fala no Congresso na quinta.

Na Europa, teremos inflação na sexta e produção industrial na quarta. A Opep+ pode ter novidades e acabar com o impasse, que está impactando fortemente os preços do petróleo. Da China, está programada uma chuva de indicadores em um único dia, na quarta à noite. São eles: PIB, dados do varejo, indústria e preços de residências– que podem impactar nas commodities e bolsa brasileira na quinta.

No corporativo, a agenda está cheia. Estão previstas cinco ofertas públicas iniciais, os IPOs. A BBM Logística e a distribuidora de insumos agrícolas Três Tentos, estreiam ações na segunda. Na quarta, é a vez da rede de academias SmartFit. Na quinta, a Companhia Brasileira de Alumínio, do grupo Votorantim. Já na sexta estreiam na bolsa as ações da Intercement, do grupo Mover Participações, ex- Camargo Corrêa. Na quinta, o governo de São Paulo vai leiloar 22 aeroportos regionais.

Além disso, começa a temporada de balanços do segundo trimestre nos EUA. Os bancos, como sempre, estreiam a nova safra. Na terça são revelados os números do JPMorgan e do Goldman Sachs. Na quarta, saem balanços de Bank of America, Citigroup, além da Delta Airlines. Sem esquecer que a B3 terá vencimentos de opções sobre Ibovespa na quarta e vencimentos de opções sobre ações na sexta.

O investidor vai seguir olhando o desenrolar da CPI da Covid, além de aguardar relatórios da Reforma Administrativa, Reforma Tributária, privatização dos Correios e relatório do Orçamento de 2022. É a última semana do Congresso brasileiro antes do recesso. Risco da variante Delta, que azeda o mercado nesta quinta, pode aumentar com verão e aberturas nos EUA e na Europa e voltar a derrubar humor dos investidores.

Calendário Semanal

  • Segunda-feira (12/07/2021)

🇧🇷 Índice IPC- Fipe (05h00)
🇧🇷 Relatório Boletim Focus (08h25) ⭐️
🇺🇸 Leilão primário de Treasuries de três anos (14h00)
🇧🇷 Balança Comercial semanal (15h00)

  • Terça-feira (13/07/2021)

🇨🇳 Balança Comercial mensal (00h00)
🇩🇪 Índice de preços ao consumidor mensal e anual (03h00)
🇧🇷 Pesquisa de serviço mensal e anual (09h00)
🇺🇸 Índice de preços ao consumidor mensal e anual (09h30)⭐️
🇺🇸 Leilão primário de Treasuries de 30 anos (14h00)
🇺🇸 Balanço orçamentário federal mensal (11h00)
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo API (17h30)

  • Quarta-feira (14/07/2021)

🇯🇵 Produção industrial mensal e anual (01h30)
🇬🇧 Índice de preços ao consumidor anual e mensal (03h00)
🇪🇺 Produção industrial mensal e anual (06h00)
🇧🇷 Índice de atividade IBC-Br BC anual e mensal (09h00) ⭐️
🇺🇸 Índice de preços ao produtor mensal e anual (09h30)
🇺🇸 Variação de estoques de petróleo EIA (11h30)
🇺🇸 Federal Reserve – Divulgação do Livro Bege (14h00) ⭐️
🇧🇷 Fluxo cambial mensal (14h30)
🇨🇳 Produção industrial anual (23h00) ⭐️
🇨🇳 Vendas no varejo anual (23h00)⭐️
🇨🇳 Taxa de desemprego mensal (23h00)
🇨🇳 Variação do PIB anual e trimestral (23h00)⭐️

  • Quinta-feira (15/07/2021)

🇬🇧 Taxa de desemprego mensal (03h00)
🇩🇪 Balança comercial mensal (03h00)
🇺🇸 Pedidos de seguro-desemprego semanal (09h30) ⭐️
🇺🇸 Índice de atividade industrial do Fed de Filadélfia mensal (09h30)
🇺🇸 Variação no peço de bens importados e exportados mensal (09h30)
🇺🇸 Produção industrial mensal e anual (10h15)
🇧🇷 Tesouro Nacional – Leilão de Títulos (10h30)⭐️

  • Sexta-feira (16/07/2021)

🇯🇵 Banco do Japão – decisão de taxa de juros (00h00)
🇪🇺 Índice de preços ao consumidor anual e mensal (06h00)
🇧🇷 Índice IPC-S semanal (08h00)
🇧🇷 Índice IGP-10 mensal
🇺🇸 Vendas no varejo mensal e anual (09h30) ⭐️
🇺🇸 Pesquisa de condições de negócios U. de Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Confiança do consumidor Michigan mensal (11h00)
🇺🇸 Contagem de Sondas Baker Hughes (15h00)

Resumo do que passou…

⭐️ –  Confira tudo que aconteceu dia a dia no melhor resumo diário dos indicadores econômicos do Brasil e do mundo

Brasil

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de junho foi de 0,53%, ficando 0,30 ponto percentual abaixo da taxa de maio (0,83%). No ano, o índice acumula alta de 3,77% e, nos últimos 12 meses, de 8,35%, acima dos 8,06% observados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em junho de 2020, a variação mensal havia sido de 0,26%.

Dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados, oito tiveram alta de preços em junho. O maior impacto (0,17 p.p.) veio do grupo Habitação, cujos preços subiram 1,10%. Na sequência, vieram Alimentação e bebidas (0,43%) e Transportes (0,41%), cujos impactos foram de 0,09 p.p. A maior variação no mês (1,21%) foi do grupo Vestuário, que acelerou em relação ao mês de maio (0,92%) e contribuiu com 0,05 p.p. Os demais grupos ficaram entre a queda (-0,12%) de Comunicação e a alta de Artigos de residência (1,09%).

As vendas no comércio varejista subiram 1,4% em maio, após crescimento de 4,9% em abril. Com isso, o resultado de maio é o segundo crescimento consecutivo do varejo, que se encontra 3,9% acima do patamar pré-pandemia. O setor acumula ganho de 6,8% no ano e de 5,4% nos últimos 12 meses. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada hoje (7) pelo IBGE.

O aumento nas vendas foi acompanhado por sete das oito atividades investigadas pela pesquisa. Entre elas, a maior variação foi em tecidos, vestuário e calçados (16,8%), seguida por combustíveis e lubrificantes (6,9%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (6,7%). Livros, jornais, revistas e papelaria (1,4%), equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (3,3%), hiper e supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (1,0%) e móveis e eletrodomésticos (0,6%) foram as outras atividades que tiveram aumento das vendas em maio.

Enquanto ao IGP-DI variou 0,11% em junho, percentual inferior ao apurado no mês anterior, quando subira 3,40%. Com este resultado, o índice acumula alta de 14,26% no ano e de 34,53% em 12 meses. Em junho de 2020, o índice havia subido 1,60% e acumulava elevação de 7,84% em 12 meses.

Europa

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da Alemanha, que engloba os setores de serviços e industrial, subiu de 56,2 em maio para 60,1 em junho, atingindo o maior patamar em uma década, segundo pesquisa final divulgada na segunda-feira pela IHS Markit. A leitura definitiva ficou abaixo da estimativa prévia de junho, de 60,4, mas o resultado bem acima de 50 indica expansão vigorosa da atividade na maior economia da Europa.

E o índice de confiança dos analistas financeiros e investidores na economia da zona do euro caiu 20,1 pontos em julho ante o mês anterior, marcando 61,2 pontos, segundo dados divulgados pelo instituto de pesquisas Zentrum für Europaische Wirtschaftsforschung (Zew). O índice que mostra a avaliação da atual situação econômica na região subiu 30,4 pontos na mesma base de comparação, para 6,0 pontos.

Já a produção industrial da Alemanha caiu 0,3% em maio na comparação mensal, para 98,3 pontos, segundo dados divulgados pelo Ministério de Economia e Tecnologia do país. Os números são ajustados por fatores sazonais. Em abril, o índice havia recuado 0,3% (dado revisado).

Também o superávit comercial da Alemanha somou 12,3 bilhões de euros em maio, alta de 75,7% na comparação com maio de 2020 e queda de 19,1% em relação a abril, segundo dados do departamento nacional de estatísticas alemão, o Destatis.

As exportações somaram 109,4 bilhões de euros em maio, alta de 36,4% ante o mesmo período de 2020, enquanto as importações somaram 97,1 bilhões de euros, alta de 32,6% na mesma base de comparação. Na comparação de maio com abril, em dados com ajuste sazonal e de calendário, as exportações avançaram 0,3% e as importações 3,4%.

Estados Unidos

Os pedidos iniciais de seguro-desemprego aumentaram inesperadamente na semana, um possível indício de que o rápido crescimento do emprego visto no primeiro semestre de 2021 poderia enfrentar obstáculos nos próximos meses, informou o Departamento do Trabalho na quinta-feira.

Os pedidos de auxílio-desemprego pela primeira vez totalizaram 373.000 na semana encerrada em 3 de julho, em comparação com a estimativa de 350.000 do Dow Jones. O nível da semana anterior foi revisado para cima em 7.000, de 364.000 para 371.000.

O Federal Open Market Committee divulgou a ata de sua reunião de 15 a 16 de junho, durante a qual manteve as taxas de juros de curto prazo próximas a zero, mas também indicou que poderia ajustar a política de outra forma nos próximos meses. O grupo de formulação de políticas do Federal Reserve manteve sua taxa de referência ancorada em uma faixa entre 0% e 0,25%. Isso estava de acordo com as expectativas do mercado.

No entanto, em sua entrevista coletiva após a reunião, o presidente Jerome Powell indicou que os membros do comitê tiveram suas primeiras discussões sobre a redução do ritmo de compras de títulos que o banco central faz a cada mês. Do jeito que as coisas estão agora, o Fed está comprando pelo menos US $ 80 bilhões em títulos do Tesouro e US $ 40 bilhões em títulos lastreados em hipotecas.

China

O crescimento do setor de serviços da China desacelerou com força para uma mínima de 14 meses em junho após o ressurgimento da Covid-19 no sul do país, mostrou nesta segunda-feira uma pesquisa privada, ampliando as preocupações de que a segunda maior economia do mundo pode estar perdendo força.

O índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços do Caixin/Markit caiu para 50,3 em junho de 55,1 em maio. O índice permaneceu pouco acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

A medida oficial do setor de serviços chinês também mostrou uma forte desaceleração em junho, embora tenha permanecido em território de expansão. A pesquisa privada tipicamente se foca mais em empresas menores.

Deixe um comentário