Copasa vai recorrer da decisão da Arsae-MG que multou a companhia em R$ 246 milhões

LinkedIn

A Copasa comunica que a respeito da divulgação pela Agência Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário do Estado de Minas Gerais (Arsae-MG) de que a “Copasa terá que devolver R$ 246 milhões a moradores de Belo Horizonte”, a Copasa informa que vai recorrer da decisão.

O fato relevante foi feito pela companhia (BOV:CSMG3) nesta segunda-feira (26).Confira o comunicado na íntegra.

Os valores divulgados pela Agência Reguladora, que se referem à cobrança por serviços de coleta e tratamento de esgoto para cerca de 69 mil clientes no município de Belo Horizonte, no período de janeiro de 2012 a dezembro de 2018, não são reconhecidos e aceitos pela Companhia.

A Companhia informa também que a atual diretoria, empossada em julho de 2019, está empenhada em solucionar a questão de forma transparente junto à população e exercerá o seu direito de defesa na forma legal.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 13 de agosto.

 Lucro líquido de R$ 219,7 milhões no 1T21, alta de 36,7%

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) registrou lucro líquido de R$ 219,7 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 36,7% sobre o mesmo intervalo do ano passado.

A receita líquida atingiu R$ 1,282 bilhão, alta de 6% sobre o mesmo intervalo de 2021.

Já o Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – somou no período R$ 520,197 milhões, avanço de 9,5% sobre o primeiro trimestre de 2020.

Deixe um comentário