Gafisa informa que foi aprovado novo aumento de capital privado no valor de até R$300,5 milhões

LinkedIn

A Gafisa informa que, em linha com a sua estratégia de investimentos e de crescimento, foi aprovado novo aumento de capital privado, no valor de até R$300,5 milhões.

O fato relevante foi feito pela empresa (BOV:GFSA3) nesta segunda-feira (19).

O preço de emissão de R$ 4,59, foi estipulado com base na cotação em bolsa das ações da Companhia nos últimos 30 pregões.

O valor mínimo deste aumento – R$ 44,7 milhões – será utilizado para que debênturistas da 15ª emissão de debêntures da Gafisa possam utilizar seus créditos e subscrever ações da Companhia, mantendo assim o caixa da Gafisa reforçado para futuras aquisições.

Os demais valores – caso captados – serão utilizados principalmente para capitalizar projetos da Gafisa Propriedades – novo braço de propriedades da Gafisa – assim como permitir a aquisição de novos empreendimentos (sejam de empresas ou de terrenos), custear novos projetos a taxas menores, dentro do contexto maior de buscar fazer a Gafisa a empresa de maior relevância em seu segmento no curto-médio prazo.

A Gafisa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 16 de agosto.

Lucro líquido de R$ 12,9 milhões no 1T21, revertendo prejuízo

A incorporadora Gafisa reverteu o prejuízo líquido de R$ 25,5 milhões do primeiro trimestre de 2020 e teve lucro líquido de R$ 12,9 milhões.

A receita líquida subiu 137,3% nos três primeiros meses do ano, a R$ 170,1 milhões.

Mesmo sem lançamento de projetos, a Gafisa teve alta de 350,8% nas vendas líquidas, a R$ 129 milhões. Já as vendas brutas subiram 320,4%, para R$ 162,9 milhões, já os distratos tiveram alta de 235%, para R$ 33,9 milhões.

A Gafisa possui três projetos em fase de pré-comercialização, com um Valor Geral de Vendas (VGV) de R$ 546,1 milhões; os lançamentos começarão a ser feitos no fim deste mês.

O principal deles será desenvolvido no bairro paulistano do Campo Belo, com VGV de R$ 300 milhões. Os lançamentos começarão a ser feitos no fim deste mês. A companhia mantém a meta de apresentar ao mercado entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,7 bilhão neste ano.

Deixe um comentário