JBS aprovou envio de carta-proposta à Pilgrim’s Pride com objetivo de realizar o fechamento de capital da empresa norte-americana

LinkedIn

O conselho de administração da JBS aprovou o envio de uma carta-proposta à Pilgrim’s Pride (PPC) para aquisição da totalidade das ações ordinárias em circulação de emissão da companhia, com o objetivo de realizar o fechamento de capital da empresa norte-americana.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:JBSS3) nesta quinta-feira (13).

A oferta é de 26,50 dólares para cada ação da PPC, conforme fato relevante publicado pela companhia brasileira.

“Caso a proposta seja aceita, a JBS fará a aquisição por meio de uma de suas subsidiárias nos Estados Unidos e a PPC poderá se tornar sua subsidiária integral”, disse a JBS, que atualmente já detém 80,21% das ações de emissão da Pilgrim’s Pride por meio de suas subsidiárias.

De acordo com a empresa, a proposta está condicionada à aprovação de um comitê especial formado por membros independentes do conselho de administração da Pilgrim’s Pride e à aprovação da maioria dos titulares de direitos de votos atrelados aos papéis da PPC que não sejam detidos pela JBS.

A Pilgrim’s Pride, hoje listada na Nasdaq, atua nos mercados de frangos e suínos da América do Norte e Europa.

“A operação proposta tem como objetivo, em especial, simplificar a estrutura societária das subsidiárias da JBS, maximizando sua eficiência administrativa, otimizando as receitas e aumentando ainda mais sua flexibilidade operacional e estratégica”, disse a companhia brasileira.

O Barclays está atuando como consultor financeiro para a operação, enquanto o escritório Cravath, Swaine & Moore atua como consultor jurídico da JBS.

VISÃO DO MERCADO

Bradesco BBI

O Bradesco BBI afirmou que o anúncio foi uma surpresa para nós, mas pode indicar que a JBS continuará com sua listagem (IPO) nos Estados Unidos, o que pode ser um potencial gatilho positivo para as ações. “Todo o resto igual, refletindo esta exclusão do modelo do BBI não mudaria o preço-alvo de R$ 38,00 para a JBS (e recomendação de compra)”, apontam.

Os analistas do BBI estimam que a proposta de fechamento da PPC implica que a JBS terá que pagar US$ 1,3 bilhão para comprar os cerca de 20% que não possui na PPC. O preço oferecido implica um prêmio de 17% sobre o preço de fechamento da PPC em 12 de agosto e um múltiplo EV / EBITDA de um ano a frente de 6,5 vezes, em linha com o múltiplo histórico da PPC de 5 anos.

No entanto, o múltiplo implícito pago pela PPC está acima do múltiplo de negociação da JBS de 4,2 vezes. O que explica esse movimento, na opinião dos analistas do BBI, é de que a JBS pode estar procurando listar toda a sua operação nos Estados Unidos, ou a maior parte dela e, portanto, manter a PPC listado pode não fazer sentido – ter uma entidade maior/mais líquida pode destravar mais valor.

“Dito isso, vemos a JBS sendo negociada com um desconto excessivo de aproximadamente 45% em relação a seu
principal concorrente nos EUA, a Tyson Foods, desconto que poderia ser parcialmente fechado com uma listagem nos Estados Unidos – estimamos que cada redução de 10 pp no desconto para a Tyson Foods, implica um aumento no preço das ações da JBS de R$ 7,00”, apontam os analistas.

Informações Reuters

Deixe um comentário