Taesa: Cemig informa que TCE-MG indeferiu pedido de liminar para suspensão do desinvestimento da Cemig na companhia

LinkedIn

A Cemig (BOV:CMIG3) (BOV:CMIG4) informou que o Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais indeferiu o pedido de liminar que pleiteava a suspensão do processo de desinvestimento da Cemig na Transmissora Aliança de Energia Elétrica – Taesa.

O comunicado foi feito pela empresa (BOV:TAEE11) na sexta-feira (30). Confira o documento na íntegra.

O Tribunal de Contas também revogou a recomendação anterior para que a Cemig se abstivesse de realizar qualquer ato concernente à alienação das ações da Taesa.

O TCE-MG solicitou, ainda, a disponibilização de documentos adicionais para continuidade da análise técnica.

A empresa pretende divulgar os resultados do 2T21 no dia 11 de Agosto

Taesa (TAEE11): lucro de R$ 555,9 milhões no 1T21, alta de 42%

A companhia de transmissão de energia Taesa divulgou lucro líquido de R$ 555,9 milhões no primeiro trimestre, crescimento de 42,1% em relação aos resultados do primeiro trimestre do ano passado.

A Taesa disse em comunicado que o avanço no lucro líquido, calculado em termos de resultado IFRS, se deve principalmente aos maiores índices macroeconômicos registrados nos períodos comparados, com efeito do IGP-M que acumulou 6,2% neste primeiro trimestre.

receita líquida da empresa, controlada pela estatal mineira Cemig e pela colombiana ISA, foi de R$ 386,4 milhões nos primeiros três meses do ano, aumento de 3,6% na comparação anual.

Ebitda – lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização – regulatório no primeiro trimestre do ano foi de R$ 316,7 milhões, alta de 1,3% na comparação com igual período em 2020.

Deixe um comentário