Celesc decide não exercer o direito de preferência na aquisição das ações na SCGás

LinkedIn

A Celesc, empresa de capital aberto, listada no Nível 2 de Governança Corporativa, procedeu minuciosa análise para direcionamento de sua tomada de decisão acerca da oportunidade em exercer o direito de preferência na aquisição das ações na SCGás, oriunda da celebração do contrato de compra e venda, firmado entre a Petrobras e a Compass.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:CLSC3) (BOV:CLSC4) nesta segunda-feira (13).

Nesse sentido, cumpre-nos informar que em 10 de setembro de 2021, respeitando o prazo estabelecido para manifestação, a Celesc notificou a Petrobras e a Gaspetro informando a opção pelo não exercício do direito de preferência.

Destaca-se que a decisão da Companhia considerou, entre outros, questões jurídicas e econômico-financeiras, plano diretor (direcionamento estratégico) e condições da referida oferta.

Deixe um comentário