Petróleo fecha em alta, à medida que as preocupações sobre a oferta persistem em meio a tensões geopolíticas

LinkedIn

Os preços dos contratos futuros de petróleo fecharam em alta a sua sexta semana de ganhos consecutiva, à medida que as preocupações sobre a oferta persistem em meio a tensões geopolíticas e limitações de produção.

“O mercado continua a ter muito suporte e os preços devem subir mais ainda”, afirmam analistas do FX Empire, Christopher Lewis. “Mesmo na pior das hipóteses, a curto prazo há apoio para manter os valores crescendo por mais tempo”.

As tensões tensões geopolíticas entre a Rússia – o segundo maior produtor de petróleo do mundo e um importante fornecedor de gás natural para a Europa – e o Ocidente devido à Ucrânia são o principal fator de impulso da commodity no momento.

As ameaças aos Emirados Árabes Unidos feitas pelo movimento Houthi do Iêmen também afetam as perspectivas sobre o fornecimento de energia e colocam pressão positiva sobre os valores.

Em meio a isso, o mercado está se concentrando em uma reunião de 2 de fevereiro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) e seus aliados liderados pela Rússia, grupo conhecido como Opep+.

A Opep+ deve manter aumento planejado de 400 mil barris por dia (bpd) em sua meta de produção de petróleo para março, mesmo que muitos dos membros não estejam conseguindo cumprir com o prometido.

Para muitos especialistas, a capacidade ociosa da Opep, que protege o mercado de choques repentinos, está baixíssima e não deve conter possíveis faltas de combustível caso as tensões políticas resultem em cortes de produção em outros locais do globo. Isso, consequentemente, aumenta os preços dos barris.

Do lado da demanda, as importações de petróleo bruto na China, o maior importador mundial da commodity, podem se recuperar em até 7% este ano, revertendo o declínio de 2021, à medida que os compradores intensificam as compras de novas unidades de refino e reabastecem os baixos estoques, afirmam analistas e funcionários de companhias petrolíferas.

Com isso, o preço do contrato do petróleo WTI negociado na Nymex com entrega para março subiu 0,39%, cotado a US$ 86,82 o barril, acumulando ganhos de 1,97% na semana. Já o preço do contrato do Brent negociado na plataforma ICE, com entrega para março avançou 1,01%, cotado a US$ 90,03 o barril, acumulando ganho semanal de 2,43%.

Informações Agência CMA

Deixe um comentário