ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for pro Negocie como um profissional: Aproveite discussões em tempo real e ideias que movimentam o mercado para superar a concorrência.

Petrobras está utilizando navios para transportar petróleo para o Porto de Santos e alimentar a Refinaria Presidente Bernardes

LinkedIn

A Petrobras está utilizando navios para transportar petróleo para o Porto de Santos e alimentar a Refinaria Presidente Bernardes (RPBC), em Cubatão (SP), como rota alternativa ao duto OSBAT, que parou de operar diante das fortes chuvas que castigaram o litoral paulista durante o Carnaval, disseram duas fontes com conhecimento do assunto.

A medida permitiu que a refinaria permanecesse em operação. O duto OSBAT transporta petróleo até um terminal de Cubatão, que atende as refinarias RPBC e Refinaria Capuava (Recap, em Mauá, na região metropolitana de São Paulo).

O duto permanece inoperante com inspeções em andamento, afirmaram as fontes com conhecimento das operações.

A RPBC tem capacidade instalada para processar 178 mil barris/dia, segundo informações no site da Petrobras. Já a Recap tem capacidade para processar aproximadamente 53 mil barris de petróleo por dia.

“Acabamos de começar a entrega de petróleo a partir de nossos navios, no porto de Santos, uma rota alternativa enquanto o OSBAT (São Sebastião – Cubatão) segue em avaliação. Isso já permite operar a RPBC”, disse uma das fontes à Reuters na condição de anonimato.

“A refinaria não parou de operar, mas pararia quando os estoques acabassem. A entrega por Santos compensa a parada do OSBAT.”

Procurada, a Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) não respondeu imediatamente a pedidos de comentários.

Em nota na quinta-feira, a Petrobras havia informado que o duto permanecia com inspeções em andamento e inoperante até que todas as ações necessárias fossem tomadas para a retomada segura das operações.

A fonte acrescentou que a situação do duto ainda está sendo analisada, até pela dificuldade de acesso a diversos locais. Em termos de prejuízo, a fonte pontuou que o refino foi mantido “quase normal”. “Prejuízo grande foi nas estradas e nas comunidades”, acrescentou.

Também na quinta-feira, a Petrobras havia dito que os Terminais de São Sebastião, Santos e Cubatão operavam normalmente.

Os dutos OSPLAN (que transporta derivados entre São Sebastião e Guararema) e OSVAT (petróleo entre São Sebastião e REVAP/REPLAN) foram inspecionados e tiveram a operação restabelecida na terça-feira.

A petroleira, assim como outras empresas e órgãos públicos, vem apoiando as comunidades atingidas pelas chuvas com doações de roupas, alimentos, combustíveis produtos de higiene e limpeza, além de fornecer equipamentos, bases de apoio e equipes para contribuir com as atividades.

Informações Reuters

Deixe um comentário