ADVFN Logo

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Prates diz que Petrobras está retomando o seu papel de impulsionar o desenvolvimento do País

LinkedIn

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, disse nesta terça-feira, 3, durante as comemorações dos 70 anos da estatal, que os desafios que a empresa está enfrentando agora, com a transição energética, são tão grandes como quando começou a buscar petróleo no País, em 1953. De acordo com Prates, após anos de tentativas de esvaziamento da empresa, a Petrobras está retomando o seu papel de impulsionar o desenvolvimento do País.

“Acreditamos no potencial dessa companhia para impulsionar o Brasil. Enxergamos o desafio da redução de emissões como mais uma vez sermos pioneiros dessa indústria nacional”, disse ele, durante discurso em comemoração ao aniversário da estatal, referindo-se aos investimentos em energia renovável indicados pela companhia de forma inédita este ano.

Ele reforçou que a Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) vai continuar procurando e produzindo petróleo, mas que vai investir em energia eólica offshore, hidrogênio verde, armazenagem etc.

“Vamos fazer tudo isso mantendo nosso DNA”, disse o executivo.

Prates ressaltou que começou a carreira como estagiário da área internacional da Petrobras, a Braspetro, partindo posteriormente para a iniciativa privada.

Margem Equatorial

O presidente do Conselho de Administração da Petrobras e secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de MInas e Energia, Pietro Mendes, aproveitou a comemoração dos 70 anos da companhia para dizer que a estatal tem todas as condições de explorar a Margem Equatorial brasileira, para garantir a reposição e o aumento das suas reservas de petróleo, “que ainda tem muitos anos de vida de uso”.

Ele representou o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, no evento.

Segundo Mendes, a Petrobras após quatro anos sendo reduzida, será fortalecida diversificando as áreas onde atua, como fertilizantes, petroquímica e energia renovável.

“Vamos promover uma transição energética justa e inclusiva”, disse Mendes, durante a celebração do aniversário da empresa, realizada no Centro de Pesquisas (Cenpes) da companhia, no Rio de Janeiro.

Informações Broadcast

Deixe um comentário

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

Support: (11) 4950 5808 | suporte@advfn.com.br