ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for alerts Cadastre-se para alertas em tempo real, use o simulador personalizado e observe os movimentos do mercado.

CSN: Bank of America vê minério a US$ 150 no 1TRI e eleva duplamente a recomendação da companhia

LinkedIn

O forte desempenho de CSN (BOV:CSNA3) +6,12% e Usiminas (BOV:USIM5) +3,29%, R$ 7,85 está ligado à melhora da recomendação de ambas pelo Bank of America: no caso da primeira, a recomendação subiu direto de venda (underperform) para compra, com o preço-alvo subindo de R$ 10,50 para R$ 21.

O preço-alvo para Usiminas, elevada de neutra para compra, passou de R$ 7 para R$ 9. No caso da Vale (BOV:VALE3), também elevada a compra [como o ADR; veja nota das 11h17], o preço-alvo subiu de R$ 80 para R$ 102.

O banco reafirmou preferência por ela e por CSN, por causa do valuation. A recomendação para CSN Mineração (BOV:CMIN3) +3,21%, R$ 7,08 subiu de venda para neutra, com preço-alvo a R$ 7,10 (antes R$ 3,60), como Bradespar (BOV:BRAP4) +2,81%, R$ 26,37, com preço-alvo de R$ 32 (antes, R$ 27).

Já a recomendação para Gerdau (#GGBR4 -2,29%, R$ 23,49) e Metalúrgica Gerdau (BOV:GOAU4) -3,64%, R$ 10,85 caiu de compra para neutra, dada a preferência do BofA pelo minério em detrimento do aço no curto prazo. Seus novos preços-alvos são, respectivamente, R$ 27 (de R$ 29) e R$ 14 (de R$ 16).

Informações BDM

Deixe um comentário