ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for charts Cadastre-se para gráficos em tempo real, ferramentas de análise e preços.

Dólar fecha com queda, com dado fraco de emprego nos EUA apoiando expectativa de corte de juros pelo Fed em 2024

LinkedIn

O dólar voltou a cair nesta quarta-feira, influenciado pelo cenário externo, após o relatório produzido pela ADP mostrar uma geração de empregos do setor privado nos EUA em novembro menor que o esperado.

O dado funciona como uma prévia do payroll, que será divulgado na sexta-feira, e reforça a expectativa de fim do ciclo de aperto monetário pelo Fed e a possibilidade de redução das taxas no ano que vem. No ambiente doméstico, operadores destacaram entrada de recursos tanto pela conta comercial como pela financeira, com destaque para o fluxo positivo rumo à bolsa e à renda fixa.

Apesar do movimento do BC em cortar a taxa Selic, o atual ritmo de cortes, de 0,5 pp por reunião do Copom, ainda mantém o diferencial de juros atraente para o “carry trade” do gringo. O dólar à vista fechou em baixa de 0,47%, a R$ 4,9024, após oscilar entre R$ 4,8891 e R$ 4,9220.

Às 17h02, o dólar futuro para janeiro recuava 0,63%, a R$ 4,9115. Lá fora, o índice DXY operava em leve alta de 0,11%, aos 104,160 pontos. O euro caía 0,24%, a US$ 1,0768. E a libra perdia 0,28%, a US$ 1,2559.

Informações BDM

Deixe um comentário