ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for discussion Cadastre-se para interagir em nossos fóruns de ativos e discutir com investidores ideias semelhantes.

Petrobras pretende adquirir parques eólicos e solares onshore antes de desbravar a geração de energia eólica em offshore

LinkedIn

O diretor de Transição Energética da Petrobras, Maurício Tolmasquim, disse que antes de desbravar a geração de energia eólica em alto-mar (offshore), a petroleira pretende adquirir parques eólicos e solares onshore (em terra). O diretor também confirmou que a Petrobras pretende participar do primeiro leilão de eólicas offshore previsto para o segundo semestre do ano que vem, mas que ainda será avaliado como viabilizá-la.

Segundo ele, a prioridade conferida às usinas em terra se explica pelos custos mais baixos e maior rentabilidade delas. É algo que está mais maduro, tem mercado, disse, em postagem no “Linkedin” em que compartilhou uma entrevista concedida ao “PetróleoHoje”

O diretor também mencionou que: no seu plano estratégico, a companhia anunciou investimentos de US$ 5,5 bilhões em eólica, solar, hidrogênio e captura, uso e armazenamento de carbono (CCUS) para os próximos cinco anos.

Ele também reafirmou o interesse da Petrobras (BOV:PETR3) (BOV:PETR4) em ingressar no mercado de eólica offshore. Em 2023, a empresa firmou memorandos de entendimentos com a Equinor (14,5 GW) e Casa dos Ventos, além de protocolar no Ibama o pedido de licença para dez áreas (22,9 GW).

Informações Agência CMA

Deixe um comentário