A companhia aérea Azul anunciou que um grupo de investidores que representa cerca de 86% de detentores de bônus da empresa com vencimento em 2024 e 2026 concordou com uma proposta de troca de dívida feita pela empresa para prorrogar os vencimentos para 2029 e 2030.

O comunicado foi feito pela companhia (BOV:AZUL4) nesta terça-feira (28).

A oferta foi anunciada pela operadora aérea em 13 de junho e é parte de um plano de reestruturação mais amplo que também inclui acordos com arrendadoras de aeronaves para a redução dos pagamentos.

“Os valores de: US$291.170.000 representam 72.8% do valor total de principal da dívida com vencimento em 2024 e remuneração de 5,875%, e US$567.602.000 representam 94,6% do valor total de principal da dívida com vencimento em 2026, e com remuneração de 7,250%, foram oferecidos para a troca e não foram renunciados”, diz a Azul.

Segundo Alex Malfitani, CFO da Azul, a operação fortalecerá a estrutura de capital da Azul e melhorará a geração de caixa. “Chegamos a todos esses acordos de forma amigável, demonstrando a força de nossos relacionamentos duradouros e mutuamente benéficos”, destaca o executivo.

Por fim, a companhia informa que não há garantias de que as condições para realização das ofertas serão satisfeitas, ou que as ofertas serão concretizadas.

Informações Infomoney
AZUL PN (BOV:AZUL4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos AZUL PN.
AZUL PN (BOV:AZUL4)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos AZUL PN.