A onda de calor que atingiu as regiões Sudeste e Centro-Oeste neste mês danificou ao menos 20 equipamentos em subestações de energia de Furnas, subsidiária da Eletrobras (BOV:ELET3) (BOV:ELET6). Em dois casos, houve cortes no fornecimento de energia, segundo apurou a Folha.

A lista inclui ocorrências de explosões e princípios de incêndio em transformadores e disjuntores em São Paulo e no Rio. No dia 13, a explosão de um transformador na subestação de Campos (RJ) deixou 19 cidades da região noroeste do Rio sem luz por até duas horas e 40 minutos. No dia 18, uma série de ocorrências em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, afetou a região e bairros da zona norte da capital.

Dos 20 equipamentos danificados, 18 funcionam acima de sua vida útil, mas o diretor do SindFurnas Renato Fernandes diz que esse não seria o principal problema.

“Após a privatização, a empresa deixou de fazer manutenções preventivas. Não tem pessoal suficiente para isso”, afirma. Furnas disse, em nota, que “o alto consumo de energia leva os equipamentos elétricos a operar em condições mais próximas de seus limites, o que, associado às temperaturas mais elevadas, submete-os a estresses térmicos excessivos”.

Segundo Furnas, os equipamentos que apresentaram falhas foram substituídos. A Eletrobras afirma que investiu nos últimos três anos R$ 3,9 bilhões em reforços e melhorias das instalações de suas subsidiárias. Em 2022, após a privatização, o aporte chegou a R$ 1,8 bilhão, cerca de 50% acima do valor de 2021, R$ 1,2 bilhão.

Informações BDM
ELETROBRAS ON (BOV:ELET3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mar 2024 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ELETROBRAS ON.
ELETROBRAS ON (BOV:ELET3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2023 até Abr 2024 Click aqui para mais gráficos ELETROBRAS ON.