O ministro de Minas e Energia (MME), Alexandre Silveira (PSD-MG), planeja publicar uma medida provisória (MP) na próxima quinta-feira (28) para acessar o fundo da Eletrobras.

Os papéis da Eletrobras caem neste início de tarde, depois de o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, afirmar que poderá ser publicada amanhã uma medida provisória (MP) sobre o setor elétrico.

O texto procura garantir o uso de recursos da Eletrobras para reduzir a conta de luz dos brasileiros, incluindo um aporte para aliviar o reajuste extraordinário das tarifas de energia no Amapá.

A pasta pretende usar parte do dinheiro para equilibrar as tarifas no Amapá (AP) e quitar dívidas da pandemia de COVID-19. A medida visa garantir estabilidade aos investimentos das distribuidoras de energia.

O objetivo é utilizar R$ 26 bilhões em recursos que a Eletrobras terá de destinar a um fundo criado na lei de privatização da empresa, que determina aportes até 2052 para uso em políticas de modicidade tarifária.

Vitor Miziara, sócio da performa Ideias, disse ao Broadcast que o governo interfere na gestão de caixa/dívida da empresa por MP, “já que não tem mais o poder de controle”. Há pouco, Eletrobras ON (BOV:ELET3) recuava 2,05% (R$ 41,56) e Eletrobras PNB (BOV:ELET6) -0,87% (R$ 46,55).

Informaçoes BDM e Spacemoney
ELETROBRAS ON (BOV:ELET3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Abr 2024 até Mai 2024 Click aqui para mais gráficos ELETROBRAS ON.
ELETROBRAS ON (BOV:ELET3)
Gráfico Histórico do Ativo
De Mai 2023 até Mai 2024 Click aqui para mais gráficos ELETROBRAS ON.