Índice

Criar Discussão

Atualizar

Usuários Filtrados

Usuários Banidos

Meus Alertas

Meu Perfil

Busca

Regras

Merc Invest (BMIN4)

B M I N 4 - Bco Mercantil De Investimentos S.A. Fundamentado

Max Love
  • Dono
  • 41661
  • 07/07/2008

BCO MERCANTIL DE INVESTIMENTOS S.A. (BMIN)

Maior acionista: BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A.
Participação 79% 

BANCO MERCANTIL DO BRASIL S.A. - SEDE: BELO HORIZONTE - MG - COMPANHIA ABERTA - CNPJ: 17.184.037/0001-10 

Muito se fala em BMIN4, mas o que muita gente não sabe no mercado é o que representa esse papel, simples BMIN4 nada mais é do que papéis do

BANCO MERCANTIL DE INVESTIMENTOS S.A , controlado pelo BANCO MERCANTIL DO BRASIL S. A.

 Papéis que muita gente no mercado hoje não da o devido valor , ou despreza por falta de conhecimento!

Conheça o Mercantil do Brasil

Atuando nos principais segmentos da atividade bancária e funções complementares, seja por meio de produtos próprios, seja em parceria com outras instituições de notoriedade, o Mercantil do Brasil adquiriu espaço próprio no mercado nacional e respeitabilidade na comunidade econômico-financeira.

A sua postura sempre rigorosa na condução dos negócios tem-lhe conferido reiteradas menções de destaque em rankings especializados, nacionais e internacionais, notadamente no conceito de solidez.

Por outro lado, mesmo já tendo consolidado posição de protagonista no mercado financeiro, o Mercantil do Brasil mantém inabalável o seu ideário original de perpetuação da trajetória de crescimento e, principalmente, de fidelidade aos princípios que forjaram sua tradição histórica.

História

O Mercantil do Brasil foi fundado na década de 40 na cidade de Curvelo, centro-norte do estado de Minas Gerais, por empresários locais, com o nome inicial de Banco Mercantil de Minas Gerais. Em 1953, foi adquirido por Oswaldo de Araújo e Vicente de Araújo, com a transferência da sede para Belo Horizonte e o começo de uma tradição de segurança e solidez, fundamentada na filosofia de crescimento sustentado.

Posteriormente, novos acionistas passaram a integrar o grupo controlador, entre eles o atual Presidente do Conselho de Administração e do Comitê Diretivo, Milton de Araújo. Em 1955, o então Banco Mercantil de Minas Gerais adquiriu o Banco Industrial Minas Gerais. Na década de 60, com a aquisição dos Bancos Santa Cruz e Metrópole, ambos do Rio de Janeiro, o número de agências cresceu de 4 para 52.

Acompanhando o acelerado desenvolvimento do país do início dos anos 70, mais dois bancos foram incorporados: o Industrial de Campina Grande e o Mercantil do Brasil, cujo nome passou então a ser utilizado pela instituição. Essas importantes mudanças proporcionaram ao Banco iniciar a década de 80 com aproximadamente 100 agências.

Em 1999, o Mercantil do Brasil revitalizou sua marca e suas agências, consolidando uma imagem moderna perante os clientes e o mercado. Assim, a valorização e o fortalecimento da instituição, em conjunto com a prestação de serviços adequada ao perfil dos usuários, enfatizaram-se como os objetivos que direcionam o foco do Banco.

Hoje o Mercantil do Brasil atua em todo o território nacional, à exceção da região Norte, com quase 200 pontos de atendimento.

Nossa Gente

O Mercantil do Brasil se preocupa em manter um clima organizacional positivo, o que se reflete diretamente no atendimento qualificado. Da mesma forma, aperfeiçoa processos e racionaliza rotinas, simplificando e agilizando o trabalho nas agências. Utiliza os mais modernos instrumentos eletrônicos, com a finalidade de facilitar a prestação de serviços e a tomada de decisões.

Para oferecer tecnologia com calor humano, o Mercantil do Brasil valoriza as pessoas, em primeiro lugar. Afinal, um banco é interativo de verdade quando interage com seus colaboradores e os estimula a interagirem como o mundo.

Nossa Tecnologia

O investimento em tecnologia é um dos principais focos do Mercantil do Brasil. Isso porque tecnologia, para um banco, é o mesmo que segurança, comodidade e rapidez: tudo o que o cliente merece ter para a tranquilidade de sua vida financeira. E como o MB investe em tecnologia? Detectando as necessidades do mercado, voltando recursos para pesquisa e inovação e criando meios estratégicos para otimizar o dia a dia de seus usuários.

Na prática, o cliente percebe essa tecnologia de perto quando interage com os Canais de Atendimento. Especialmente ao utilizar os serviços das Agências, com destaque para o Autoatendimento nos caixas eletrônicos - um dos mais modernos do país -, que permite efetuar pagamentos e depósitos em dinheiro on-line, com entrega de troco em cédulas e moedas, para clientes e não clientes. Percebe também ao usar o Internet Banking, com o acesso seguro e rápido à conta. Outro exemplo são os serviços Gente Fone, para consulta e movimentação bancária por telefone, e o Celular Banking, que disponibiliza informação imediata sobre transações.

Grupo Mercantil do Brasil

Segmento Financeiro

  • Banco Mercantil do Brasil S/A
  • Banco Mercantil de Investimentos S/A (BMIN4)
  • Mercantil do Brasil Financeira S/A -Crédito, Financiamento e Investimentos
  • Mercantil do Brasil Distribuidora S/A -Títulos e Valores Mobiliários
  • Mercantil do Brasil Corretora S/A -Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários
  • Mercantil do Brasil Leasing S/A -Arrendamento Mercantil
  • Mercantil Administração e Corretagem de Seguros S/A
  • Mercantil do Brasil Administradora e Corretora de Seguros e Previdência Privada S.A
  • Mercantil do Brasil Imobiliária S/A
  • Sansa - Serviços e Negócios Imobiliários S/A
  • Cosefi - Companhia Securitizadora de Créditos Financeiros

Sede

A sede do Mercantil do Brasil foi mantida em Minas Gerais, no Centro de Belo Horizonte, na movimentada e histórica Praça 7. O edifício Vicente de Araújo, onde está instalada, é parte importante da trajetória da capital mineira, marcando presença como obra arquitetônica e como símbolo do segmento econômico-financeiro do Estado.

Conheça o Mercantil do Brasil

Com um trabalho persistente, sempre orientado pelos fundamentos da ética e da sobriedade, o Mercantil do Brasil cresceu e ultrapassou as fronteiras mineiras para, rapidamente, alcançar dimensão nacional e posição de destaque entre os principais conglomerados financeiros do país.

Atuando nos principais segmentos da atividade bancária e funções complementares, seja por meio de produtos próprios, seja em parceria com outras instituições de notoriedade, o Mercantil do Brasil adquiriu espaço próprio no mercado nacional e respeitabilidade na comunidade econômico-financeira.

Resultado Econômico - Financeiro - Consolidado

Nas Receitas da Intermediação Financeira, destacam-se as Receitas de Operações de Crédito e de Arrendamento Mercantil de R$ 1,3 bilhão, com involução de 8,5% em relação a 2009.

As Despesas da Intermediação Financeira posicionaram-se em R$ 868,1 milhões e representam 61,3% das Receitas da Intermediação Financeira, ante o percentual de 46,9% de igual período de 2009.

As Despesas com Provisão para Risco de Crédito de R$ 266,7 milhões são inferiores ao montante de R$ 318,6 milhões acumuladas em igual período de 2009.

O Resultado Bruto da Intermediação Financeira posicionou-se em R$ 547,1 milhões, ante R$ 726,6 milhões de igual período de 2009.

As Receitas de Prestação de Serviços alcançaram R$ 114,9 milhões, contra R$ 117,6 milhões de 2009.

As Despesas de Pessoal posicionaram-se em R$ 347,3 milhões, ante R$ 257,9 milhões em 2009, impactadas, sobretudo, pelas contingências trabalhistas, em decorrência do aperfeiçoamento na metodologia de cálculo das provisões (R$ 67,0 milhões em provisões adicionais).

As Despesas Administrativas posicionaram-se em R$ 403,2 milhões, ante R$ 391,5 em 2009, tendo apresentado involução em diversos itens que a compõe. Contudo, o seu montante foi impactado, principalmente, em decorrência das despesas de processamento de dados e propaganda e publicidade.

O Resultado Operacional foi de R$ 226,1 milhões, ante R$ 88,4 milhões em 2009.

Dividendos, Lucros e Patrimônio Líquido

O Mercantil do Brasil registrou Lucro Líquido de R$ 135,2 milhões no exercício, correspondente a R$ 3,81955 por ação, equivalente a uma rentabilidade de 22,2% em 2010 sobre o Patrimônio Líquido médio de R$609,6 milhões.

Foram declarados Dividendos aos acionistas, na forma de Juros sobre o Capital Próprio no valor de R$ 12,0 milhões, relativamente ao segundo semestre de 2010, correspondente a um valor líquido de imposto de renda de R$ 10,2 milhões, cabendo às Ações Ordinárias R$ 0,2820 e às Ações Preferenciais R$ 0,3102 por ação, também líquidos do imposto de renda. No ano foram declarados R$ 43,3 milhões na forma de Juros sobre o Capital Próprio, correspondente a um valor líquido de imposto de renda de R$ 36,8 milhões.

O Patrimônio Líquido atingiu o montante de R$ 673,2 milhões (Administrado de R$ 716,3 milhões), com crescimento de 23,3%, correspondente ao valor patrimonial de R$ 19,02 por ação.

O Patrimônio Líquido de Referência é de R$ 1,0 bilhão e inclui o Patrimônio Líquido Consolidado das Instituições Financeiras do Mercantil do Brasil e a Dívida Subordinada no montante de R$ 330,8 milhões, nos termos da Resolução CMN nº 3.444/2007.

MX LV





  • 13 Set 2011, 21:21
  • 13 Set 2011, 21:31
  • Tweet
Ativos Discutidos
BMIN4 31.90 -2.1%
Merc Invest PN
Merc Invest PN
Merc Invest PN
Índices Mundiais
Alemanha -0.1%
Austrália -0.3%
Brasil 0.1%
Canadá 0.0%
EUA (Dow Jones) 0.7%
EUA (NASDAQ) 0.4%
França -0.1%
Grécia -0.4%
Holanda -0.1%
Inglaterra -0.1%
Itália -0.3%
Japão (NIKKEI) 1.1%
Polônia 0.4%
Portugal 0.2%
Índia (Bombay) 0.0%
Maiores Altas (%)
VIVR3 2.72 0.0%
KLBN4 3.65 0.0%
PPLA36 0.83 0.0%
AVON34 3.71 0.0%
SNSL3 27.23 0.0%
ELET6 25.55 0.0%
ELET3 21.66 0.0%
IDVL4 1.84 0.0%
BTOW3 22.51 0.0%
PTBL3 5.87 0.0%
Seu Histórico Recente
BOV
VALE5
Vale PNA
BOV
IBOV
iBovespa
BOV
PETR4
Petrobras
BOV
IGBR3
IGB SA
FX
USDBRL
Dólar EUA ..
Ações já vistas aparecerão nesta caixa, facilitando a volta para cotações pesquisadas anteriormente.

Registre-se agora para criar sua própria lista de ações customizada.

Ao acessar os serviços da ADVFN você estará de acordo com os Termos e Condições

P:30 V: D:20171023 08:02:12