Brasil: Balança comercial tem maior déficit da história de janeiro a julho

LinkedIn

Brasília, 01 de Agosto de 2013 – Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, a balança comercial brasileira registrou déficit de 1,897 bilhão de dólares em julho. Em junho, a balança comercial havia registrado superávit de 2,301 bilhões de dólares.

O resultado foi pior que as projeções do mercado, que esperavam por um saldo positivo de 480 milhões de dólares.

No mês passado, as exportações somaram 20,807 bilhões de dólares e as importações, 22,704 bilhões de dólares

As exportações brasileiras apresentaram recuo em julho de 5,2% em relação ao mesmo mês do ano passado. A queda resulta de menor venda de produtos básicos e semimanufaturados. Houve alta, porém, nos embarques de bens manufaturados.Já as importações registraram alta de 19,7% no mesmo período.

Os embarques de semimanufaturados caíram 24,5%. Nas vendas externas de bens básicos foi registrada baixa de 4,4%, segundo os dados do governo. Já no setor de manufaturados, as exportações aumentaram 0,6% na mesma comparação.

Em julho, o país exportou US$ 20,8 bilhões. Pela média diária, esse recuo foi de 5,2% em relação aos US$ 21 bilhões exportados em julho de 2012.

No grupo de produtos básicos, os maiores recuos foram registrados em milho em grãos, petróleo em bruto, café em grãos e minério de ferro.

Em relação aos manufaturados, as maiores altas nas vendas para o exterior foram de plataforma para extração de petróleo, automóveis de passageiros, hidrocarbonetos e medicamentos.

No caso dos semimanufaturados, caíram as exportações de semimanufaturados de ferro e aço, ferro fundido, óleo de soja em bruto e alumínio em bruto.

Na outra ponta, as importações brasileiras apresentaram avanço em julho de 19,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. Isso é resultado de maior compra de combustíveis e lubrificantes (67,5%), bens de capital (12%), bens de consumo (11%) e matérias-primas e intermediários (10,4%) na mesma comparação.

Em julho, o país importou US$ 22,704 bilhões. Pela média diária, esse aumento foi de 19,7% em relação aos US$ 18,137 bilhões importados em julho de 2012.

Balança comercial brasileira tem segundo pior déficit da história em julho

A balança comercial brasileira registrou déficit de 1,897 bilhão de dólares em julho – o segundo pior saldo negativo mensal desde 1959 -, devido à queda nas exportações de produtos semimanufaturados e importações recordes para o mês impulsionadas pela compra de combustíveis.

O número de julho só é melhor do que o déficit registrado em janeiro deste ano, de 4,040 bilhões de dólares, segundo a série histórica do Banco Central iniciada em 1959.

Governo brasileiro mantém previsão de superávit na balança comercial para 2013

De acordo com o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), o governo mantém a previsão de superávit na balança comercial do ano, apesar do déficit de quase US$ 5 bilhões verificado no acumulado até julho.

Segundo o governo, o déficit de US$ 1,897 bilhão no comércio exterior em julho foi atípico e chamou a atenção. Afetada pela forte importação de combustíveis, a balança comercial brasileira registrou em julho o segundo maior déficit mensal em mais de meio século, indicando que a desvalorização do real ainda não teve o impacto desejado nas contas externas brasileiras.

 

Deixe um comentário