ADVFN Logo ADVFN

Não encontramos resultados para:
Verifique se escreveu corretamente ou tente ampliar sua busca.

Tendências Agora

Rankings

Parece que você não está logado.
Clique no botão abaixo para fazer login e ver seu histórico recente.

Hot Features

Registration Strip Icon for default Cadastre-se gratuitamente para obter cotações em tempo real, gráficos interativos, fluxo de opções ao vivo e muito mais.

Energia limpa acrescentou US$ 320 bi na economia mundial em 2023

LinkedIn

Segundo um relatório da Agência Internacional de Energia (AlE), a adoção de fontes de energia limpa adicionou US$ 320 bilhões à economia mundial em 2023. “Isso representou 10% do crescimento global do PIB – equivalente a mais do que o valor adicionado pela indústria aeroespacial global em 2023, ou à adição de uma economia do tamanho da República Tcheca à produção global” “, afirma um trecho do estudo.

Esta avaliação é baseada em uma análise de três categorias de atividades no setor de energia limpa. Uma delas é a fabricação de tecnologias de energia limpa, abrangendo as cadeias de valor da energia solar fotovoltaica, energia eólica e fabricação de baterias. Além disso, há a implantação de capacidade de energia limpa, como energia solar fotovoltaica, energia eólica, energia nuclear e armazenamento de baterias e em redes elétricas. Por fim, há também as vendas de equipamentos limpos, como carros elétricos (VEs) e bombas de calor.

Os estudiosos da AlE basearam suas pesquisas em quatro das maiores economias: Estados Unidos, União Europeia, China e India, que juntas representam dois terços do PIB global.

O PIB dos Estados Unidos cresceu 2,5% em 2023 e a energia limpa foi uma importante contribuinte: a Lei de Redução da Inflação e a Lei de Infraestrutura Bipartidária impulsionaram um aumento nos investimentos em fabricação de energia limpa, e as vendas de EVs também cresceram fortemente. “Consequentemente, o crescimento da energia limpa representou cerca de 6% do crescimento do PIB na maior economia do mundo em 2023. Isso é comparável em escala à contribuição para o crescimento do PIB em 2023 da economia digital dos Estados Unidos impulsionada pela inteligência artificial”, diz um trecho da pesquisa.

A energia limpa representou cerca de um quinto do crescimento do PIB da China de 5,2% em 2023. Cada uma das três categorias avaliadas cresceu fortemente, com o maior aumento vindo do investimento em capacidade de energia limpa, seguido das vendas de equipamentos limpos, especialmente EVs. A expansão na fabricação de energia limpa representou cerca de 5% do crescimento do PIB da China em 2023, embora a capacidade de produção excedente do país em tecnologias como baterias (as taxas de utilização foram cerca de 30% em 2023) possa limitar o alcance desse motor de crescimento no futuro. Avaliações semelhantes chegaram a conclusões comparáveis, embora com fronteiras ligeiramente diferentes.

Já na União Europeia, a energia limpa representou quase um terço do crescimento do PIB em 2023, a maior parcela de qualquer região avaliada, embora sua parcela seja inflada pelo fraco crescimento geral do PIB de cerca de 0,5%. “No entanto, as metas e políticas climáticas fortes da UE, como o pacote Fit for 55 e a proposta Lei da Indústria com Emissões Líquidas Zero, estão apoiando investimentos em fabricação de energia limpa, que mais que dobraram entre 2022 e 2023, impulsionados principalmente pela fabricação de baterias”

Já na União Europeia, a energia limpa representou quase um terço do crescimento do PIB em 2023, a maior parcela de qualquer região avaliada, embora sua parcela seja inflada pelo fraco crescimento geral do PIB de cerca de 0,5%. “No entanto, as metas e políticas climáticas fortes da UE, como o pacote Fit for 55 e a proposta Lei da Indústria com Emissões Líquidas Zero, estão apoiando investimentos em fabricação de energia limpa, que mais que dobraram entre 2022 e 2023, impulsionados principalmente pela fabricação de baterias”.

Por fim, a India foi a economia de grande de crescimento mais rápido em 2023, com o PIB aumentando cerca de 7,7%. A energia limpa contribuiu ligeiramente menos que 5% para o crescimento do PIB em 2023, predominantemente a partir do investimento em nova capacidade de energia solar. “Enquanto isso, políticas como o Incentivo à Produção Vinculado estão atraindo investimentos em nova capacidade de fabricação de energia limpa. Em 2023, isso permaneceu relativamente pequeno como parte da economia geral da India, mas o interesse de empresas e investidores está aumentando”, conclui o estudo.

Deixe um comentário