Mercado Diário: Ibovespa fecha em baixa após maior seqüência de altas dos últimos três anos

LinkedIn

São Paulo, 20 de Agosto de 2013 – Depois de uma seqüência de nove pregões consecutivos fechando em alta, o Ibovespa finalmente recuou, encerrando o pregão desta terça-feira cotado em 50.507 pontos – desvalorização de 2,07%. O giro financeiro registrado no pregão foi de R$ 7,023 bilhões.

A bolsa brasileira vinha da maior sequência de altas desde julho de 2010, acumulando ganhos de 8,7% nesse período. Ainda assim, o Ibovespa segue entre as piores bolsas do mundo em 2013, com perda acumulada de 17,1%.

Além de configurar um movimento até certo ponto esperado de realização de lucros, a desvalorização das principais ações do Mercado Bovespa acompanhou o sentimento de ansiedade que paira sobre os principais mercados mundiais, às vésperas da divulgação da ata do Federal Reserve.

Entre as ações de maior peso no principal índice de ações da BM&FBovespa, Vale PNA caiu 2,81%, para R$ 31,44, Petrobras PN recuou 3,92%, a R$ 17,13, enquanto OGX ON fechou estável, a R$ 0,68.

A Petrobras sentiu a falta de um novo reajuste dos combustíveis, cuja especulação cresceu na semana passada após declarações de executivos da estatal sobre a defasagem de preços em relação ao mercado internacional. A preocupação do mercado quanto à capacidade da Petrobras de executar seu plano de investimentos futuros elevou o credit default swap (CDS) da companhia para o maior nível em quatro anos, de acordo com a Fitch Solutions. O CDS da Petrobras subiu 89% em relação ao mesmo período do ano passado, atingindo 300 pontos base, o maior nível desde abril de 2009.

A lista de maiores baixas trouxe B2W ON (-8,44%), Usiminas PNA (-6,47%), Usiminas ON (-5,95%), Gafisa ON (-5,59%), Rossi ON (-5,24%). O setor de construção sofre desde ontem com a perspectiva de um ciclo mais longo de alta nos juros básicos da economia, o que encarece os empréstimos. As ações das siderúrgicas realizaram ganhos, após a confirmação de que o setor aplicou novos reajustes nos preços de aço plano no mercado interno. E B2W devolveu parte da disparada de 105% desde o início de julho, que foi motivada pela forte zeragem de posições vendidas no ativo por falta de ações para aluguel.

Na ponta positiva do Ibovespa figuraram apenas nove das 71 ações do Ibovespa, com destaque para JBS ON (1,97%), Gol PN (1,78%) e Cetip ON (1,35%). A companhia aérea divulgou crescimento de 18% na receita líquida por passageiro-quilômetro em julho, fato que agradou os analistas. Porém, o efeito da depreciação do real sobre os custos com combustível no terceiro trimestre continua a ser preocupante, alertam os especialistas.

Deixe um comentário