IPC-DI: inflação ao consumidor medida pela FGV acelera forte em Janeiro de 2015

LinkedIn

Rio de Janeiro, 06 de Fevereiro de 2015 – O Índice de Preços ao Consumidor – Disponibilidade Interna (IPC-DI), calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), registrou variação de 1,73% em janeiro. No mês anterior, o indicador havia registrado alta 0,75%. O IPC-DI avalia o poder de compra do consumidor brasileiro, mensurando os preços de oito grupos de bens e serviços entre o primeiro e o último dia do mês da apuração.

No período compreendido entre 01 e 31 de Janeiro de 2015, seis das oito classes de despesa que compõem o índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. O principal responsável pela aceleração do IPC-DI em janeiro foi o grupo Habitação, que registrou alta de 2,01% no primeiro mês do ano, ante uma valorização de 0,70% em dezembro. Dentro desse grupo de despesa, vale mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial (de 2,65% para 9,41%).

Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (de 1,06% para 1,64%), Transportes (de 0,66% para 2,39%), Educação, Leitura e Recreação (de 0,89% para 4,15%), Despesas Diversas (de 0,20% para 1,96%) e Comunicação (de 0,49% para 0,52%). Nestas classes de despesa, destacaram-se os itens: hortaliças e legumes (de 4,46% para 13,32%), tarifa de ônibus urbano (de 0,43% para 9,18%), cursos formais (de 0,00% para 9,19%), cigarros (de -0,07% para 3,34%) e mensalidade para TV por assinatura (de -0,31% para 1,64%), respectivamente.

Em contrapartida, apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos: Vestuário (de 0,72% para -0,44%) e Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,52% para 0,30%). Na primeira classe de despesa, vale citar o comportamento do item roupas (de 0,94% para -0,79%), e na segunda, artigos de higiene e cuidado pessoal (de 0,24% para -0,94%), respectivamente.

Índice de Preços ao Consumidor (IPC) é um índice referência para avaliação do poder de compra do consumidor brasileiro. Sua pesquisa de preços se desenvolve diariamente, cobrindo as sete principais capitais do país.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.