Pela primeira vez em 2015, Copom decide manter a Taxa Selic inalterada

LinkedIn

Rio de Janeiro, 02 de Setembro de 2015 – A sexta reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) em 2015, encerrada nesta quarta-feira, culminou com a decisão do Banco Central do Brasil (BC) de manter a taxa básica de juros da economia brasileira (Taxa Selic) inalterada em 14,25% ao ano.

Essa foi a primeira vez em 2015, que a autoridade monetária brasileira, sob o comando de Alexandre Tombini, presidente da autarquia, optou por não elevar a Taxa Selic. Nas sete reuniões anteriores, o BC aumentou a taxa básica de juros em 0,50% ao ano.

A decisão foi tomada de forma unânime por todos os membros do Copom presentes na reunião, refletindo a contínua preocupação da nova equipe econômica em reagir ao atual cenário macroeconômico: de forte queda do Produto Interno Bruto (PIB) e de crescimento da inflação.

Com uma taxa mais alta de juros, o Banco Central tenta controlar o crédito e o consumo, atuando assim para segurar a inflação, que tem mostrado resistência neste ano. Por outro lado, ao tornar o crédito e o investimento mais caros, os juros elevados prejudicam o nível de atividade da economia brasileira e, também, a geração de empregos.

Em nota emitida logo após o término da reunião, o Copom afirma que: “avaliando o cenário macroeconômico, as perspectivas para a inflação e o atual balanço de riscos, o Comitê de Política Monetária entende que a manutenção deste patamar de taxa básica de juros, por período suficientemente prolongado, é necessária para a convergência da inflação para a meta no final de 2016“.

Votaram por essa decisão os seguintes membros do Copom: Alexandre Antonio Tombini (Presidente), Aldo Luiz Mendes, Altamir Lopes, Anthero de Moraes Meirelles, Luiz Awazu Pereira da Silva, Luiz Edson Feltrim, Otávio Ribeiro Damaso, Sidnei Corrêa Marques e Tony Volpon.

Notícias relacionadas

– Pela primeira vez em 2015, Copom decidi manter a Taxa Selic inalterada

– Após seis reuniões realizadas pelo Copom em 2015, Taxa Selic segue no maior patamar dos últimos nove anos

– Copom mantem juros em 14,25% ao ano na sexta reunião de 2015

– Banco Central confirma expectativa do mercado financeiro e mantem taxa de juros em 14,25% ao ano na sexta reunião do Copom em 2015

– Em Setembro de 2015, Banco Central mantem Taxa Selic em 14,25% ao ano para tentar controlar a inflação

– Manutenção da taxa de juros em 14,25% ao ano promovida em Setembro de 2015 mantem a Caderneta de Poupança pouco atrativa para o investidor

– Qual o melhor investimento em renda fixa com a Taxa Selic mantida em 14,25% ao ano?

– Ata da 193ª reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que culminou com a manutenção da Taxa Selic em 14,25% ao ano

 

Deixe um comentário