Israel diz ter desarticulado extensa rede ligada ao Hamas na Cisjordânia

LinkedIn

Os órgãos de segurança de Israel informaram hoje (10) que desarticularam uma extensa rede ligada ao movimento islamita palestino Hamas, na cidade de Qalqilia, na Cisjordânia, que planejava “atos terroristas”. A operação deteve 24 supostos membros do movimento.

Em comunicado, o Exército israelense informou que, em conjunto com o Serviço de Inteligência Interno e com a polícia, localizou dois líderes da organização, que controlavam a atividade a partir dos seus quartéis-generais na área, de onde planejavam ataques.

A rede seria dirigida, guiada e financiada por membros do gabinete-geral do Hamas no Catar e em Gaza, diz a nota, acrescentando que foram detidas 24 pessoas supostamente ligadas ao grupo.

Entre eles destacam-se representantes do movimento islamita que foram anteriormente presos por participação e planejamento em “atividade terrorista do Hamas”, diz o Exército.

Durante a operação foram apreendidos 35 mil shekels, a moeda de Israel (8.300 euros).

As Forças Armadas israelenses lembram que a infraestrutura do Hamas em Qalqilia é uma das mais antigas de toda a Cisjordânia.

Editor Graça Adjuto

Deixe um comentário