Por Vale e Petrobras, Ibovespa tem leve recuo; Oi ganha 5% e dólar cai para R$ 3,93

LinkedIn

Em início de semana curta pelo feriado de Ano Novo, às 11h15, o Índice Bovespa recuava 0,32%, para 43.875 pontos, perdendo os 44 mil pontos. No horário, as ações da Vale e da Petrobras puxavam o indicador para baixo, refletindo os mercados fracos também no exterior. Os papéis ordinários (ON, com voto) e preferenciais da série A (PNA, sem voto) da mineradora perdiam 1,36% e 1,33%, respectivamente. Já as ações ON da petroleira recuavam 2,70%, acompanhadas pelas PN, 2,74%, em dia de volume baixo.

A maioria dos bancos, por sua vez, marcava avanços. Com exceção de Bradesco PN (BOV:BBDC4), que tinha perdas de 0,26%, Itaú Unibanco PN (BOV:ITUB4) ganhava 0,19%, acompanhado por Banco do Brasil ON (BOV:BBAS3), 0,74%, e pelas units (recibos de ações) do Santander (BOV:SANB3), 0,31%. Com forte peso no Ibovespa, Ambev ON, segundo maior peso no índice, tinha recuo de 0,71%.

O mercado financeiro elevou hoje sua expectativa para a taxa Selic no final de 2016, apontou o Boletim Focus. A estimativa passou de 14,75% ao ano na semana anterior para 15,25% ao ano agora. Os analistas consultados mantiveram a expectativa de alta de 0,5 ponto percentual já em janeiro. Além disso, os empresários do setor industrial encerram o ano mais desanimados do que em 2014. No entanto, em relação a novembro último, houve melhora no humor sobre as possibilidades de bons negócios no primeiro semestre do próximo ano.

Destaques do Ibovespa

Entre as piores quedas do principal indicador de ações brasileiro, sem contar Petrobras, estavam Localiza ON, 3,15%, Copel PNB, 2,20%, Gol PN, 2,03%, e BR Properties ON, 1,80%. Na contramão, os maiores ganhos do índice eram de Oi PN, 5,61%, Gerdau Metalúrgica PN, 3,61%, Braskem PNA, 2,45%, e CSN ON, 2,08%. A operadora Oi ganhava com a notícia de que a companha deve fazer uma oferta pela TIM no começo de 2016, segundo o jornal Valor Econômico. O papel apresenta fortes oscilações, pois é alvo de muitas operações de venda de fundos de arbitragem, que alugam o papel de outro investidor e o vendem no mercado à vista.

Xangai perde 2% com indicadores e petróleo cai 2%

Depois que indicadores de lucro da indústria chinesa registraram queda de 1,4% em novembro, na base anual, e recuo de 4,6% na análise mensal, o Índice da Bolsa de Xangai marcou perdas de 2,59%. No mesmo sentido, o petróleo WTI, negociado em Nova York, tinha nova desvalorização de 2,57%, para US$ 37,12, assim como o barril do tipo Brent, de Londres, que caía 1,98%, para US$ 37,14.

Na zona do euro, os principais índices acionários marcavam leves baixas. O Stoxx 50, dos 50 papéis mais líquidos da região, perdia 0,89%, seguido pelo alemão DAX, 0,82%, e pelo francês CAC, 0,98%. O britânico Financial Times permanece fechado com o Boxing Day, feriado tradicional que acontece um dia depois do Natal, famoso por suas liquidações no comércio. Nos Estados Unidos, o mercado futuro apontava o Dow Jones caindo 0,54%, com o S&P 500, 0,50%, e o indicador da Nasdaq, 0,37%.

Juros sobem; dólar tem leve recuo

Hoje, as taxas de juros futuros para 2017 subiam de 15,80% ao ano para 15,85%. Para 2018, as projeções passavam de 16,45% para 16,52%. Por fim, as taxas dos contratos válidos até janeiro de 2021 eram de 16,54%, ante 16,43% da semana passada. No mercado de câmbio, o dólar comercial tinha leve recuo de 0,65%, para R$ 3,93 na venda, como o dólar turismo, que caía 0,71%, sendo vendido a R$ 4,17.

Deixe um comentário

Esta área do website ADVFN.com é destinada para comentários e anáises individuais independentes. Estes blogs são administrados por autores independentes através de uma plataforma de alimentação comum, não representando as opiniões da ADVFN. A ADVFN não monitora, aprova, altera ou exerce controle editorial sobre estes artigos, não aceitando, portanto, ser responsabilizada por tais informações. As informações disponibilizadas no website ADVFN.com destina-se para sua informação em geral mas não, necessariamente, para suas necessidades particulares. As informações não constituem qualquer forma de recomendação ou aconselhamento por parte da ADVFN.COM.