Total de cheques devolvidos deve bater 14 milhões em 2015, aponta Boa Vista SCPC

LinkedIn

Em 2015, cerca de 14 milhões de cheques devem ser devolvidos por falta de fundos, estima levantamento da Boa Vista SCPC. Até 31 de dezembro devem ser movimentados mais de 600 milhões de cheques no Brasil. O resultado, se confirmado, será o pior desde 2009.

A Pesquisa Perfil do Inadimplente apontou que o cheque foi o terceiro meio de pagamento mais citado pelos entrevistados inadimplentes como meio que gerou a restrição no terceiro trimestre, com 15%. O campeão foi o cartão de crédito (30%) e em seguida o carnê/boleto (28%). Ao longo da série histórica da pesquisa, os cheques se mantiveram na 3º posição em todo período.

“Os números apontam um risco maior ao aceitar este meio de pagamento neste ano. Portanto, é indispensável aumentar a cautela na hora de efetuar a venda, principalmente as vendas sazonais de fim de ano. A redução da atividade econômica, o aumento dos juros e da inflação e a deterioração do mercado de trabalho prejudicam o orçamento das empresas e das famílias, que, por sua vez, refletem nos indicadores de inadimplência”, explica o economista Flávio Calife. 

Click Cheque

Para facilitar as transações seguras e conceder crédito por meio do cheque, a Boa Vista SCPC desenvolveu o programa Click Cheque, que combina informações relevantes sobre cheques de pessoas físicas e jurídicas com uma recomendação objetiva sobre a aceitação da operação. A ferramenta auxilia na avaliação de risco e otimiza o retorno das vendas ao minimizar esse mesmo risco.

O Click Cheque está disponível no site da Boa Vista SCPC ou nos municípios por meio dos parceiros de negócios da Boa Vista SCPC.

Deixe um comentário