Moody’s e Petróleo fazem Ibovespa fechar em forte queda nesta quarta-feira

LinkedIn

Pelo segundo dia consecutivo, o principal índice de ações do pais encerra o pregão com uma forte desvalorização  O Ibovespa reagiu mal à forte queda dos preços do petróleo no mercado internacional, apos a Arábia Saudita descartar a chance de corte em sua produção. Os investidores também ruminaram mais um corte na nota de credito brasileira. Desta vez, a tesoura foi manuseada pela Moody’s, a ultima entre as principais agencias de classificação de risco a retirar o grau de investimento brasileiro.

Em 2016, após trinta e cinco pregões, o Ibovespa acumula uma desvalorização de 2,92%. No ultimo pregão de 2015, o principal índice acionário do pais fechara cotado 43.349,96 em pontos. São dezessete pregões de alta contra dezoito de baixa ao longo do ano. Já no segundo mês do ano, após dezesseis pregões, o índice de ações acumula uma alta de 4,15%. No pregão do dia 29 de janeiro, o indicador encerrara o dia cotado em 40.405,99 pontos.

 

Ibovespa Hoje

O Ibovespa caiu 1,03% nesta quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2016, fechando cotado em 42.084,56 pontos. Ao longo do dia, o principal índice de ações do Brasil oscilou entre 41.210,72 pontos (valor mínimo) e 42.520,69 pontos (valor máximo). No pregão anterior, o principal índice de ações da Bolsa de Valores de São Paulo caiu 1,65%, encerrando o dia cotado a 42.520,94 pontos.

O volume financeiro total movimentado durante o dia pelos ativos componentes do Ibovespa foi de R$ 3,631745 bilhões.

 

Cenário Externo

No cenário externo, todo o protagonismo ficou para a forte queda nos preços do petróleo pela manha. A cotação da commodity reagiu negativamente às noticias de que alguns países do Oriente Médio vem se mostrando contrários à redução do nível de produção mensal da matéria prima. Caso não haja consenso sobre a redução da produção global do petróleo, seus estoques continuarão altos e, consequentemente, seus preços continuaram próximos das minimas históricas.

Porém, na parte da tarde, os preços do petróleo voltaram a subir depois da divulgação de que os estoques da matéria-prima nos Estados Unidos caíram mais que o esperado.

A instabilidade nos preços do petróleo tem sido um dos principais fatores a influenciar os mercados neste início de ano.

As principais bolsas de valores da Ásia e do Pacífico terminaram o dia em queda, com exceção da Bolsa de Valores da China, que subiu quase um por cento.

 

– Austrália: -2,10%

– China: +0,90%

– Cingapura: -1,95%

– Coreia do Sul: -0,09%

– Hong Kong: -1,15%

– Japão: -0,85%

– Taiwan: -0,62%

 

Já as principais bolsas de valores da Europa fecharam em queda acentuada.

 

– Alemanha: -2,64%

– França: -1,96%

– Espanha: -3,07%

– Inglaterra: -1,60%

– Itália: -2,59%

– Portugal: -1,77%

 

O índice Dow Jones Industrial, principal índice acionário dos Estados Unidos, registrou alta de 0,32%, cotado a 16.484,99 pontos.

 

Cenário Interno

No cenário local, os investidores tiveram que digerir mais um rebaixamento da nota de credito do país, agora promovido pela Moody’s, ate então a unica agência de risco de credito que insistia em manter a chancela de investment grade (selo de bom pagador) para o Brasil.

Nesta manhã, a Moody’s anunciou o corte na nota da dívida brasileira em dois níveis  de Baa3 para Ba2. Alem disso, colocou o pais em perspectiva negativa, indicando que mais cortes devem acontecer. A agencia cita o descontrole das contas publicas e o aumento exponencial do endividamento do pais como os principais fatores para o rebaixamento.

Agora, dentre os países que compõem o BRICS (Brasil, Russia, Índia  China e Africa do Sul), o Brasil e aquele que possui a pior nota de risco de credito. Em tese, de acordo com a Moody’s, e mais arriscado investir ou emprestar dinheiro para ativos do Brasil do que da Namíbia, por exemplo.

 

Petrobras

As ações da Petrobras chegaram a cair mais de quatro por cento durante o dia, mas reduziram o ritmo da queda conforme os preços do petróleo no mercado internacional passaram a subir.

As ações ordinárias da Petrobras (PETR3), que fornecem a seus detentores o direito a voto em assembléia da companhia, caíram 0,71%, fechando cotadas a R$ 7,03. Já as ações preferenciais (PETR4), com prioridade na distribuição de dividendos, recuaram 1,02%, cotadas a R$ 4,87.

 

Vale

A queda do Ibovespa também foi puxada pelo desempenho negativo da Vale. As ações da mineradora foram afetados pela queda no preço do minério de ferro na China.

As ações preferenciais da mineradora (VALE5) perderam 4,44%, cotadas a R$ 8,60. Já as ações ordinárias da companhia (VALE3) tombaram 5,41%, encerrando o dia valendo R$ 11,71.

 

Composição o Ibovespa em 24 de Fevereiro de 2016

ATIVO ULT OFC OFV MAX MIN VAR VAR%
ABEV3 18,18 18,19 18,18 18,18 17,85 -0,08 -0,44
BBAS3 13,07 13,10 13,07 13,27 12,88 -0,45 -3,33
BBDC3 22,64 22,64 22,57 22,75 21,97 0,01 0,04
BBDC4 20,68 20,68 20,66 20,70 20,03 -0,04 -0,19
BBSE3 23,40 23,40 23,36 23,76 22,62 -0,80 -3,31
BRAP4 4,16 4,16 4,13 4,16 3,92 -0,07 -1,65
BRFS3 54,94 54,94 54,71 54,94 53,72 -0,56 -1,01
BRKM5 25,28 25,28 25,15 25,28 24,51 0,18 0,72
BRML3 12,69 12,70 12,69 12,75 12,44 -0,12 -0,94
BVMF3 11,18 11,18 11,11 11,18 10,79 0,03 0,27
CCRO3 12,54 12,56 12,54 12,56 12,11 -0,03 -0,24
CESP6 14,10 14,13 14,10 14,37 13,72 -0,42 -2,89
CIEL3 30,95 30,96 30,90 31,11 30,59 -0,39 -1,24
CMIG4 5,71 5,72 5,71 5,93 5,70 -0,32 -5,31
CPFE3 16,53 16,65 16,53 16,65 16,22 -0,08 -0,48
CPLE6 23,00 23,09 23,00 23,00 21,87 0,03 0,13
CSAN3 25,70 25,63 25,60 25,94 24,53 0,58 2,31
CSNA3 5,32 5,25 5,23 5,41 4,95 0,10 1,92
CTIP3 37,75 37,82 37,80 38,17 37,75 -0,50 -1,31
CYRE3 8,00 8,00 7,96 8,07 7,85 -0,03 -0,37
ECOR3 4,28 4,28 4,26 4,29 4,13 0,00 0,00
EMBR3 29,52 29,53 29,42 29,72 28,78 0,01 0,03
ENBR3 12,30 12,30 12,28 12,67 12,20 -0,05 -0,40
EQTL3 37,27 37,27 37,20 37,41 36,57 0,16 0,43
ESTC3 12,26 12,26 12,10 12,38 11,62 -0,24 -1,92
FIBR3 41,04 40,86 40,60 42,35 40,16 -0,96 -2,29
GGBR4 3,77 3,79 3,77 3,85 3,70 -0,12 -3,08
GOAU4 1,29 1,29 1,28 1,32 1,25 -0,06 -4,44
HGTX3 13,85 14,04 13,85 14,32 13,85 -0,37 -2,60
HYPE3 24,33 24,33 24,30 24,50 23,83 -0,05 -0,21
ITSA4 6,66 6,66 6,65 6,67 6,53 -0,05 -0,75
ITUB4 24,68 24,68 24,67 24,85 24,15 -0,21 -0,84
JBSS3 11,98 12,01 11,98 12,20 10,80 0,83 7,44
KLBN11 20,98 20,98 20,97 21,46 20,72 -0,41 -1,92
KROT3 9,21 9,20 9,18 9,33 9,05 -0,22 -2,33
LAME4 19,36 19,37 19,36 19,47 18,75 0,01 0,05
LREN3 17,42 17,42 17,40 17,42 16,91 -0,08 -0,46
MRFG3 6,10 6,11 6,10 6,14 5,87 -0,01 -0,16
MRVE3 10,19 10,19 10,18 10,36 9,65 0,33 3,35
MULT3 43,96 44,29 43,98 44,62 43,41 -0,84 -1,87
NATU3 27,09 27,35 27,09 27,42 27,02 -0,54 -1,95
OIBR3 2,02 2,02 2,01 2,10 1,98 -0,10 -4,72
PCAR4 41,29 41,83 41,25 42,00 40,27 -1,11 -2,62
PETR3 7,03 7,03 7,02 7,15 6,74 -0,05 -0,71
PETR4 4,87 4,88 4,87 4,93 4,65 -0,05 -1,02
QUAL3 12,89 12,89 12,79 12,96 12,33 -0,01 -0,08
RADL3 45,23 45,23 45,13 45,46 44,24 -0,05 -0,11
RENT3 22,44 22,44 22,36 22,59 21,52 0,14 0,63
RUMO3 2,21 2,22 2,21 2,29 2,10 0,05 2,31
SANB11 14,10 14,29 14,10 14,38 13,83 -0,09 -0,63
SBSP3 21,70 21,75 21,67 22,52 21,56 -1,26 -5,49
SMLE3 28,65 28,72 28,65 28,72 27,61 0,16 0,56
SUZB5 15,07 15,01 15,00 15,92 14,83 -0,58 -3,71
TBLE3 34,77 34,96 34,77 35,22 34,38 -0,21 -0,60
TIMP3 6,38 6,39 6,38 6,42 6,21 0,05 0,79
UGPA3 62,32 62,32 62,06 62,33 60,10 0,38 0,61
USIM5 0,91 0,92 0,91 0,93 0,90 -0,02 -2,15
VALE3 11,71 11,95 11,71 11,95 11,49 -0,67 -5,41
VALE5 8,60 8,61 8,60 8,70 8,41 -0,40 -4,44
VIVT4 35,95 35,95 35,76 36,64 35,58 -1,15 -3,10
WEGE3 13,07 13,09 13,07 13,75 12,95 -1,31 -9,10

 

Deixe um comentário